Microsoft quer Steam na app store do Windows 11

0
131

A mudança surpresa da Microsoft em relação ao Windows 11 é uma abordagem muito mais aberta para a Windows Store, e isso significa que os Steam podem fazer parte da loja no futuro.

À luz dessa nova abordagem aberta vislumbra-se muitas mudanças na Windows Store, incluindo a conexão da Microsoft com a Appstore da Amazon para listar os aplicativos Android e permitir que os desenvolvedores mantenham 100% da sua receita usando plataformas de pagamento de terceiros.

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

É também desejo da Microsoft que as outras lojas alternativas de aplicativos, como Steam e Epic Games Store, façam parte desta nova Windows app store.

“O Windows já hospeda de muitas maneiras essas lojas, e se pudermos hospedá-lo por meio da Microsoft Store, então que seja”, disse Panos Panay, chefe do Windows e de dispositivos, numa entrevista. “Com certeza, isso significa que os outros querem vir para a Loja, eles são muito bem-vindos. Na verdade, incentivado, e é por isso que estamos desenvolvendo algumas dessas políticas.”

O Steam se tornou uma grande loja de jogos e aplicativos no Windows ao longo dos anos, e Panay prevê um futuro para a loja de aplicativos do Windows, onde as pessoas encontram os aplicativos que desejam, independentemente das lojas rivais. “Eu realmente quero essa experiência em que você vai à loja, digita o aplicativo e obtém o aplicativo que deseja”, diz Panay.

Ainda que a Microsoft esteja adotando a ideia de uma loja aberta, existem algumas ressalvas. A Microsoft permitirá que os desenvolvedores fiquem com 100% da receita dos aplicativos se usarem plataformas alternativas de pagamento, mas isso não se aplica a jogos. É uma grande omissão, que ocorre apenas algumas semanas depois que a Microsoft anunciou que reduziria a sua receita de jogos na Microsoft Store de 30% para 12% a partir do dia 1 de agosto.

Também não está claro como esta política pode ser aplicada a lojas de aplicativos separadamente. A Microsoft parece estar apenas a alistar aplicativos Android da Appstore da Amazon na sua própria loja, portanto, está efetivamente se conectando a outra loja. Se o Steam fosse integrado a Windows app store, provavelmente seria mediante um cenário de vinculação semelhante, que evita que aplicativos e jogos sejam hospedados diretamente na loja de aplicativos da Microsoft.

Fonte: TheVerge