Michelle Bolsonaro vai à polícia prestar queixa contra ofensas sofridas nas redes sociais

0
151

Michelle Bolsonaro, a primeira-dama do Brasil, apresentou uma queixa-crime na polícia por consequência, de acordo com ela, de “ofensas e piadas infames em redes sociais”, que teriam colocado “em xeque sua fidelidade, integridade, correção e decoro”.

A esposa do presidente da República foi à 4ª Delegacia de Investigações Gerais sobre Crimes Eletrônicos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), em São Paulo, na quinta-feira (24), para dar o aval de um começo de inquérito criminal contra cidadãos que a ofende e difama na web.

Leia mais: Lacombe afirma possuir convergência de ideias com Bolsonaro e diz: “Vejo nele muitas qualidades”

“Que conquanto as aleivosias sejam obviamente mentirosas, o dano reputacional à imagem e à honra é indiscutível e irreparável, tendo a declarante, por tais motivos, ficado extremamente abalada, assim permanecendo até os dias que correm, justamente porque esses comentários são acessados em fácil pesquisa nas redes sociais. […] Que quer ver processados e responsabilizados penalmente os seus ofensores tão logo sejam identificados e informa que representará contra cada qual assim que suas qualificações estiverem devidamente delineadas nos autos”, alega o documento de oitiva da primeira-dama.

Leia mais: Em sua estreia, novo programa de Lacombe repercute e vira assunto mencionado em rede social

Michelle refere-se, principalmente, a alusões que sugerem que ela tenha tido um relacionamento extraconjugal. O IP da internet de onde partiram estes ataques está registrado em São Paulo e, por consequência, a ação foi iniciada no estado.

Leia mais: Sikêra Jr revela proposta da Band e volta a detonar a Rede Globo “Se Roberto Marinho fosse vivo, não estaria assim. Meu jumento ganha da Globo”

Com a informação: Notícias Yahoo