Maqueiro que caiu do 7º andar do HU em João Pessoa já havia tentado suicídio, diz delegado

Foto: Divulgação/EBSERH

O maqueiro que caiu do 7º andar do Hospital Universitário (HU) em João Pessoa já havia tentado suicídio, segundo informou o delegado Rodolfo Santa Cruz. O homem morreu na manhã desta quarta-feira (23), após a queda do alto do prédio do HU.

De acordo com informações repassadas pelo delegado, o maqueiro do HU “tinha histórico, tinha tentado suicídio, fazia terapia, tomava remédios.” Ele, inclusive, estava no HU, segundo afirmou o próprio hospital, na condição de paciente.

Em nota, o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB/Ebserh) disse que o “colaborador terceirizado foi encontrado ferido no fosso do hospital. De imediato, o HULW prestou assistência por meio das equipes de saúde e de brigadistas, que adotaram todos os protocolos de emergência traumática. Em seguida, o colaborador foi encaminhado ao Centro Cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda na manhã desta quarta-feira.”

Ainda conforme a nota do HU, “o HULW informa que o funcionário estava afastado por licença médica e compareceu ao hospital na condição de paciente para a realização de exames.”

O Hospital Universitário Lauro Wanderley “manifesta sentimento de pesar aos familiares, amigos e colaboradores neste momento de luto, e esclarece que está prestando toda a assistência à família”, informou na nota.

Com Click PB