Limite do Pix agora pode ser alterado pelo aplicativo do seu banco. Entenda

0
109

A partir desta quinta-feira, 1°, os usuários podem gerenciar os limites do Pix no próprio aplicativo do banco em que possuem conta. Antes, os clientes estavam liberados para definir somente os limites para as transferências TED e o cartão de débito, mas agora o Banco Central (BC) permitiu estender o benefício para as transações instantâneas.

Os clientes de todos os bancos podem a qualquer momento pedirem para os limites atuais de movimentação do dinheiro serem alterados. Caso a solicitação envolva reduzir o limite, a instituição financeira é obrigada a acatar o pedido instantaneamente. Porém, o aumento do limite fica a critério da instituição, após avaliação de crédito do cliente.

No mês de março, o BC tinha igualado os limites máximos do Pix aos da transferências TED. O valor para compras era de até o limite máximo do cartão de débito.

Mais crédito, porém com limite de horário

Importante destacar que embora possa acontecer aumento do limite ser liberado, haverá um teto de movimentação definido pelo banco. Os valores do teto agora levarão em conta o horário, o dia da semana, o canal usado e a titularidade da conta, isso para garantir a segurança do usuário que pode passar por fraude ou ter o cartão roubado.

Integrar lista de contato ao Pix

Outra medida tomada a partir desta quinta é que os usuários do Pix podem integrar as listas de contato de seus celulares à função nos aplicativos. Com essa medida, o BC deve facilitar a identificação de quem cadastrou o número de celular como chave, simplificando ainda mais o pagamento com o Pix.

Veja também: Nubank lança nova função que limita valor de Pix diário. Veja como funciona