Leão do Parque Arruda Câmara passa por série de exames e segue tratamento preventivo

0
107

O leão Simba, acolhido pelas equipes do Parque Arruda Câmara (Bica), passou por uma série de exames para avaliação das condições de saúde e tratamento de algumas lesões que surgiram no corpo. O animal foi examinado por uma equipe multidisciplinar que realizou coleta de sangue e urina, ultrassom, exames de citologia, histopatologia e tratamento das lesões.

Segundo a médica veterinária Roberta Nascimento, responsável pelos procedimentos, o resultado dos exames foi satisfatório, sendo descartada a possibilidade de acometimento de câncer. “Como havia sinais de infecção, foi providenciado tratamento preventivo, que já está tendo uma boa resposta com a recuperação do animal, enquanto é aguardado o resultado final de todos os exames”, afirmou.

Durante o procedimento, Simba foi cuidado por uma equipe multidisciplinar formada pelos técnicos da Bica, em parceria com o Espaço-Pet, Uni-diagnóstico, Zoológico Dois Irmãos (PE), entre outros, para que tudo fosse realizado com segurança, tanto para os profissionais, como também para a saúde do animal. O diretor do Parque Arruda Câmara, Rodrigo Fagundes, destacou que “esse esforço multidisciplinar com certeza foi decisivo para o sucesso do procedimento. Simba teve o melhor tratamento possível e acompanhamento dos profissionais da Bica”, disse.

Simba, que é vítima do tráfico de animais, foi apreendido há 11 anos no Rio Grande do Norte e encaminhado ao zoológico de Ribeirão Preto, onde viveu até o ano passado. Após perder o irmão e ficar sozinho por um ano, Simba foi encaminhado à Bica para fazer companhia a leoa Leona, que também estava sozinha desde a morte dos pais. A Bica recebeu o felino e mantém todos os cuidados necessários para um animal já idoso, pois Simba, que tem idade entre 18 ou 19 anos, tem dificuldades nas articulações. Na natureza um leão vive em média 15 anos.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Welison de Araújo Silveira, todos os cuidados estão sendo tomados para que Simba se recupere o mais rápido possível. “Simba, ao lado de Leona, pode desfrutar de cuidados médicos veterinários e nutricionais e passar dias mais tranquilos, com todo cuidado dos profissionais do Parque Arruda Câmara”, observou.