Jutay facilita equação do governo para prestigiar Lindolfo no mandato

0
48
Jutay facilita equação do governo para prestigiar Lindolfo no mandato
Jutay facilita equação do governo para prestigiar Lindolfo no mandato

Um gesto do suplente de deputado Jutay Meneses, do PRB, contribuiu, ontem, para que fosse fechada a equação articulada pelo governador João Azevedo (PSB) para aproveitar o suplente Lindolfo Pires (Podemos) no mandato titular na Assembleia Legislativa. Para a ascensão de Lindolfo era necessário que Hervázio Bezerra (PSB) se licenciasse. Bezerra foi nomeado secretário de Juventude, Esporte e Lazer do governo João Azevedo e, com isto, pediu afastamento do mandato titular. Jutay, convocado, aceitou assumir a titularidade e anunciou alinhamento com a administração estadual por uma questão de coerência, por estar na vaga de um parlamentar da base oficial.

Com isso, aceleraram-se os entendimentos para a requisição de licença de outro deputado, viabilizando, enfim, a ascensão de Lindolfo, que não foi reeleito na campanha de 2018. Com sua derrota e a de Renato Gadelha, do PSC, a cidade de Sousa, colégio eleitoral influente no Estado, ficou sem representação na Casa de Epitácio Pessoa. O governador João Azevedo prometeu a líderes políticos sousenses que agiria no sentido de conciliar as coisas e devolver, por algum tempo, a representatividade política da cidade. Hervázio foi bastante elogiado por colegas do PSB por ter demonstrado espírito de colaboração. Temia-se que o deputado estivesse abespinhado com a derrota que sofreu para Adriano Galdino na disputa pela presidência da AL no segundo biênio e, em consequência, partisse para atitudes de represália, o que não aconteceu.

Hervázio Bezerra foi líder do governo Ricardo Coutinho praticamente durante quase todos os oito anos de mandato que ele empalmou, a partir de 2011. Embora estivesse, em certas ocasiões, na suplência, foi premiado com a ascensão à titularidade mediante remanejamento de deputados titulares para secretarias de Estado ou órgãos públicos. Ricardo destacou o seu agradecimento a Hervázio pelo empenho decisivo que demonstrou nas suas duas gestões, contribuindo para a aprovação de matérias polêmicas no plenário da Assembleia Legislativa, duramente questionadas pela bancada de oposição. Além disso, Hervázio desenvolveu infatigável trabalho de articulação nos bastidores para viabilizar a vitória do Palácio nas matérias controversas.

Cogitado como uma das alternativas do PSB para disputar a prefeitura de João Pessoa no próximo ano, Hervázio Bezerra desconversa sobre esse assunto que, na sua opinião, não está colocado em pauta. O parlamentar já foi ligado, no passado, ao ex-senador Cícero Lucena, que foi prefeito de João Pessoa por duas vezes e que é filiado ao PSDB, mas rompeu com Lucena e com o “clã” Cunha Lima, liderado pelo ex-senador Cássio e alinhou-se com o governador Ricardo Coutinho, demonstrando fidelidade surpreendente ao projeto socialista. O governo de João Azevedo manteve a maioria no plenário da Casa de Epitácio Pessoa e o próprio gestor tem procurado intensificar laços com a classe política para respaldar iniciativas da sua administração, mas de reconhecido interesse público. O atual líder do governo na Assembleia é o deputado Ricardo Barbosa, do PSB, que também já foi ligado politicamente ao esquema dos Cunha Lima em Campina Grande.

Deixe uma resposta