Justiça acata novo pedido da Prefeitura de CG e amplia multa para R$ 100 mil/dia, caso empresas de ônibus não retomem imediatamente os serviços

Foto: Reprodução

A juíza Silmary Alves de Queiroga determinou o aumento da multa diária para as empresas de ônibus de Campina Grande, por não disponibilizarem veículos para atender aos distritos da cidade.

Com a decisão, a multa diária passa de R$ 20 mil para R$ 100 mil.

Os distritos e algumas comunidades estão sem o transporte público desde o último sábado, quando as empresas suspenderam a circulação dos ônibus.

O prefeito de Campina Grande recorreu na justiça enquanto ainda havia uma ameaça de paralisação, porém a decisão judicial pela manutenção dos serviços não foi respeitada.
Bruno explicou não ser daqueles que “demonizam o lucro”, pois tem a visão de que toda empresa foi feita para gerar empregos, cumprir uma função social e lucrar.

A prefeitura locou veículos de uma empresa de ônibus de turismo nesta manhã (12), para fazer o transporte gratuito dos moradores que precisam se locomover diariamente até o centro de Campina Grande.

VEJA A DECISÃO:

da Redação