João de Deus também é acusado de abusar de menores de idade

No final de semana, houve relatos de vítimas de abuso sexual do médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus. Em reportagem do ‘Fantástico’, no último domingo (9), uma jovem que disse ter sido estuprada cerca de dez vezes, quando ele tinha apenas 11 anos de idade, sempre na Casa de Inácio de Loyola, no interior de Goiás. A informação é do jornal Extra.

Crédito: Divulgação

“Ele me pediu para colocar a mão para trás e eu senti uma coisa estranha, comecei a chorar e disse: ‘o que é isso?’. Ele disse: ‘É o que vai curar você”. Então, ele veio na minha frente e fez o que ele fez para mim. Tudo que você pode imaginar”, disse a mulher, agora com 41 anos, para o programa da TV Globo. “Eu falei o tempo todo, ‘eu Quero a minha mãe, você está sofrendo,” e ele me disse para ficar tranquilo: “É tranquilo, mas eu matar sua família'”, acrescentou.

Outra vítima afirma ter sofrido abuso quando tinha apenas 15 anos de idade, e que João de Deus pediu para ficar a sós com ela, a fez segurar seu pênis e, na sequência, o sexo oral.

De acordo com o ‘Fantástico’, da TV Globo, 25 de vítimas de abusos, procurou o programa e casos relatados no passado. Os crimes, segundo eles, aconteceu desde a década de 80. O Ministério Público de Goiás, disse ao jornal Extra, que João de Deus, estava sendo investigada desde o primeiro semestre de 2018, quando as denúncias começaram a surgir.

Fonte: istoé.com.br

Deixe uma resposta