Janaína Paschoal sai em defesa de Bolsonaro e questiona Celso de Mello sobre decisão que tenta obrigá-lo a depôr pessoalmente

0
88
Janaína Paschoal sai em defesa de Bolsonaro e questiona Celso de Mello sobre decisão que tenta obrigá lo a depôr pessoalmente
Janaína Paschoal sai em defesa de Bolsonaro e questiona Celso de Mello sobre decisão que tenta obrigá lo a depôr pessoalmente

A deputada e jurista Janaína Paschoal (PSL – SP), indagou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, que determinou que o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, realize depoimento de forma presencial na investigação que apura uma suposta interferência na PF. O decano da Suprema Corte negou um pedido feito para que o Chefe de Estado fosse questionado por escrito.

Janaína comentou e criticou a decisão.

Relacionado: Ministro do STF determina depoimento presencial do presidente Bolsonaro

“Respeitosamente, eu queria entender por qual razão o ex-presidente Michel Temer, que chegou a ser, inclusive, indiciado e denunciado, teve a prerrogativa de depor por escrito e Bolsonaro não!?”, escreveu a parlamentar através de seu perfil oficial no Twitter.

Respeitosamente, eu queria entender por qual razão o ex-presidente Michel Temer, que chegou a ser, inclusive, indiciado e denunciado, teve a prerrogativa de depor por escrito e Bolsonaro não!?

— Janaina Paschoal (@JanainaDoBrasil) September 11, 2020