Ivaucher é lançado pelo Governo e começa já em junho

0
88

Uma das medidas do Orçamento de Estado para 2021 que tem como objetivo ajudar e apoiar a restauração, o alojamento e a cultura vai ser lançado no próximo dia 1 de junho, dentro de dez dias, segundo Pedro Siza Vieria, Ministro da Economia e da Transição digital.

Quando o novo programa foi anunciado no ano passado, o objetivo passava por iniciar no primeiro trimestre de 2021, no entanto, e tendo em conta que a pandemia ainda não estava controlada, o adiamento deste novo programa fez todo o sentido e vai iniciar-se no início do verão, onde, também, se inicia normalmente a maior prática relacionada com as férias de verão.

Por agora o Governo ainda não explicou totalmente como é que a nova plataforma irá funcionar, nem a partir de que data os consumidores poderão usufruir, sendo que é esperado que o secretário de estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, venha a explicar melhor nos próximos dias.

Você que ama tudo sobre celular e sempre quis saber como consertar o seu próprio aparelho, vai descobrir agora,e sem sair de casa! Ficou interessado? Então clique no link abaixo e saiba mais.

A ideia deste novo programa é que , de forma automática, todos os contribuintes que pedirem fatura com Número de Contribuinte (NIF)  na restauração, alojamento e cultura durante um trimestre, venham a poder utilizar parte do valor do UVA em causa nos mesmo setores, no trimestre seguinte, sendo que o orçamento de estado disponibilizou 200 milhões de euros para esta iniciativa.

Dessa forma, o trimestre da época alta deverá ser abrangido, para que, depois, os consumidores possam utilizar a parte do IVA devolvido no último trimestre do ano. O funcionamento teórico será muito similar ao que temos visto em cartões de supermercado, em que uma percentagem do valor da compra reverte para cartão para ser usado no futuro, o que o governo acredita que irá impulsionar e ajudar os comerciantes das áreas mais afetadas, que é a restauração, o alojamento e a Cultura.

A empresa que ganhou o concurso público para o IVAucher foi a Pagaqui, uma empresa portuguesa de pagamentos, que acabou por ser a única concorrente, sendo que a SIBS, gestora da rede multibanco e que também se tinha falado que deveria ser uma possível conrrente, acabou por não o ser.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões