IPVA: Quais carros têm isenção do pagamento em 2020? Confira a lista oficial

0
78
IPVA: Quais carros têm isenção do pagamento em 2020? Confira a lista oficial
IPVA: Quais carros têm isenção do pagamento em 2020? Confira a lista oficial

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é um tributo pago anualmente por proprietários de veículos. No entanto, alguns carros têm isenção do imposto de acordo com o ano de fabricação. A regra varia de estado para estado, por isso é importante estar atento.

Em Roraima e no Rio Grande do Norte, por exemplo, os veículos com mais de 10 anos de fabricação têm isenção do IPVA. Já outros estados preveem a dispensa para carros um pouco mais antigos:

  • 15 anos: Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Goiás, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins;
  • 18 anos: Mato Grosso,;
  • 20 anos: Alagoas, Acre, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul.
Anúncio

Em Pernambuco e Minas Gerais, há um sistema diferente na cobrança do IPVA, pois ocorre uma redução progressiva do valor do imposto. Já em Santa Catarina, a regra é um pouco mais dura. Apenas os veículos que são fabricados até 1985 são isentos do tributo.

Como saber se tenho isenção do IPVA?

Para saber se será necessário ou não pagar o imposto, o proprietário deve consultar o documento oficial do seu carro para verificar o ano de fabricação. Em seguida, basta fazer a conta referente à validade de cada estado citado acima.

No Certificado de Registro de Veículo (CRV) ou Certificado de Registro de Licenciamento (CRLV), consta o “ano de fabricação” e o “ano-modelo”. Vale ressaltar que para cálculo do IPVA, é levado em conta o ano de fabricação para a avaliação do valor venal.

A tabela FIPE, considerada o principal índice para a negociação de carros no país, por exemplo, também utiliza o ano de fabricação para estabelecer uma referência de valor de mercado.

Veja mais: MEI: Saiba como comprar carro 0km com desconto de até 30% e conseguir empréstimos sem juros

Deixe uma resposta