Intel lança sistema para reconhecimento facial em dispositivos ID Real Sense

0
87

Introduzida em 2014, a tecnologia 3D RealSense da Intel utiliza câmaras para medir a profundidade e permitir que os sistemas de computação leiam expressões faciais e gestos. Este último sistema de RealSense ID pega nessa tecnologia central e embala-a de uma forma que facilita a utilização em cenários de controlo de acessos a retalho e seguros.

O sistema foi concebido para realizar a autenticação facial em dispositivos utilizados para o consumidor, tais como sistemas de ponto de venda, caixas eletrónicas e quiosques. A Intel disse que o RealSense ID tem uma tecnologia anti-falsificação incorporada que bloqueia qualquer tentativa de entrada falsa através do uso de fotografias, vídeos ou máscaras, e diz que tem uma taxa de aceitação falsa em 1 milhão. O sistema também processa todas as imagens faciais localmente e encripta todos os dados dos utilizadores, adianta a Intel.

“A solução também só é ativada através da consciência do utilizador e não autenticará a menos que seja solicitada por um utilizador pré-registado”, adianta a Intel. “Como em toda a tecnologia da Intel, estamos a trabalhar para garantir a aplicação ética do RealSense e a proteção dos direitos humanos.”

O sistema de RealSense ID começa nos 99 dólares (cerca de 80€) e será lançado no 1º trimestre de 2021. É assim que a Intel expandiu esta quarta-feira a sua família de câmaras 3D do RealSense com um sistema on-device para reconhecimento facial. A Intel disse ainda que o seu novo sistema de câmaras de RealSense ID combina um sensor de profundidade ativo com uma rede neural especializada .

Os sistemas de reconhecimento facial tornaram-se cada vez mais controversos, com os opositores da tecnologia a levantarem muitas vezes questões sobre o potencial âmbito orwelliano e a invasão de privacidade que o reconhecimento facial apresenta. A Intel tenta antecipar-se a tais críticas com promessas de que o seu sistema de RealSense ID é “orientado para a privacidade e para o propósito construído para a proteção do utilizador”.

Fonte: ZDNet

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões