Instagram continua a planear criar uma versão para crianças

0
96

A rede social Instagram está a ponderar criar uma versão da plataforma de partilha de fotografia e vídeos para crianças.

A ideia dividiu opiniões entre utilizadores das redes sociais e advogados dos Estados Unidos chegaram a pedir para que tal não acontecesse, mas o projeto foi confirmado pelo responsável pelo Instagram, Adam Mosseri, na sequência de informações divulgadas pela plataforma Buzzfeed. Mark Zuckerberg recebeu uma carta aberta por parte de um conjunto de advogados a pedirem-lhe que não avançasse.

“Cada vez mais as crianças perguntam aos pais se podem aderir a aplicações que os ajudem a manter o contacto com os amigos”, justifica Mosseri. Por isso, a empresa está a ponderar “uma versão do Instagram controlada pelos pais”, como aconteceu com a aplicação para smartphone Messenger Kids – uma versão para crianças do Messenger do Facebook.

Você que ama tudo sobre celular e sempre quis saber como consertar o seu próprio aparelho, vai descobrir agora,e sem sair de casa! Ficou interessado? Então clique no link abaixo e saiba mais.

Contudo, vários utilizadores estão a criticar o responsável do Instagram, por causa dos riscos de assédio sexual ou de exposição das crianças a conteúdos impróprios. “Não se dá as coisas às crianças porque elas querem (…) as crianças não recebem ferramentas perigosas com as quais possam brincar quando os próprios adultos não encontraram uma maneira de torná-las seguras”, escreveu, por exemplo, uma utilizadora que se identificou como “uma mãe”.

“Qualquer experiência que fazemos prioriza a segurança e a privacidade”, assegura a rede social. “Além disso estamos a trabalhar com legisladores e reguladores”, sublinha.

O Instagram, cuja empresa-mãe é o Facebook, exige uma idade mínima legal de 13 anos para os utilizadores poderem fazer o registo, no entanto, esta medida é um mero pró-forma, já que os utilizadores podem mentir na data de nascimento. Ainda assim, Zuckerberg argumenta que é melhor dar aos miúdos o que procuram do que vê-los a mentir para usarem uma rede social para adultos.

Em contrapartida, foi apresentada uma série de medidas que visam aumentar a segurança para crianças, incluindo tecnologia que utiliza a inteligência artificial para tentar adivinhar a verdadeira idade dos utilizadores.

Fonte: Guardian

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões