INSS divulga nova idade mínima da aposentadoria em 2020; Saiba qual é

0
76

Desde a implementação das novas regras de aposentadoria advindas da reforma da Previdência, muitas dúvidas surgiram em relação à idade mínima para se aposentar. As mudanças, que afetaram o tempo mínimo de contribuição, são mais duras a partir de agora.

Contudo, elas permitem opções de transição como forma de amenizar seus impactos. Dessa forma, ano após ano, as exigências mudam para quem pede o benefício. Em 2020, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passou a pedir mais seis meses de contribuição para quem deseja se aposentar com idade mínima progressiva ou por idade, no caso de mulheres.

Regras de transição da aposentadoria por idade

Aposentadoria por idade

Já no caso da aposentadoria por idade, apenas as mulheres terão que contribuir seis meses a mais. Agora, é necessário ter 60 anos e seis meses de idade e 15 anos de contribuição no INSS. Anteriormente, a idade exigida era de 60 anos. Para homens a regra permanece a mesma, já que a reforma não alterou os critérios para esse grupo. Eles ainda poderão solicitar o benefício aos 65 anos de idade e 15 anos de contribuição.

  • Mulheres: 60,5 anos + 15 anos de contribuição;
  • Homens: 65 anos + 15 anos de contribuição.

Aposentadoria com idade mínima progressiva

Quem deseja se aposentar com idade mínima progressiva agora terá que contribuir seis meses a mais. Mulheres terão que ter 56 anos e seis meses, com mínimo de 30 anos de contribuição, para se aposentarem. Já para homens, a exigência é 61 anos e seis meses de idade, com mínimo de 35 anos de contribuição.

  • Mulheres: Idade mínima de 56,5 anos + 30 anos de contribuição;
  • Homens: Idade mínima de 61,5 anos + 35 anos de contribuição.

Simulador de aposentadoria

Para facilitar os cálculos pelo trabalhador, o INSS disponibiliza um simulador de aposentadoria gratuito. A consulta está disponível no site ou aplicativo “Meu INSS“. Basta o cidadão criar uma senha e preencher um formulário com as informações básicas, a exemplo, o nome completo e número do CPF.

Após adentrar o sistema, o usuário precisa clicar na opção “simular aposentadoria”. A aba está entre os serviços em destaque, tanto na página pela internet, quanto pelo aplicativo. O simulador vai informar o tempo total de contribuições com registro no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e o período que ainda falta para a aposentadoria em cada regra de transição.

Leia ainda: INSS: Veja quem deve pedir revisão do benefício ainda em 2020

Deixe uma resposta