Homem é preso suspeito de assalto e incêndio em supermercado de Campina Grande/PB

0
124
Foto: Reprodução

Um homem suspeito de participação em um incêndio de um supermercado foi preso nesta quarta-feira (15), em Campina Grande. Segundo informações da polícia, o incêndio aconteceu quando o grupo que o homem fazia parte tentou roubar o cofre do supermercado, no bairro da Liberdade, também em Campina Grande, no dia 4 de dezembro de 2018, e acabou provocando um grande incêndio no local.

De acordo com a polícia, o grupo que o homem fazia parte era composto por quatro pessoas. Os outros três integrantes do grupo já estão detidos pela polícia. O delegado da Polícia Civil, Jorge Luís, informou que já havia um mandado de prisão contra o homem e que com ele foram apreendidos vários celulares, substâncias parecidas com maconha e uma balança de precisão.

A polícia informou que ele é o último que estava em liberdade dessa associação criminosa. Com a prisão dele, as investigações foram finalizadas.

Entenda o que aconteceu no dia do crime

De acordo com a gerência do estabelecimento, no dia do crime, duas caminhonetes pararam em frente ao supermercado por volta das 3h, os suspeitos desceram e entraram no local. Nesse momento, cerca de sete funcionários estavam trabalhando na reposição do estoque e, ao perceberem a presença dos suspeitos, se esconderam na parte de trás do supermercado.

Os suspeitos tentaram explodir o cofre do estabelecimento por pelo menos três vezes, provocando o incêndio. O fogo se alastrou pelo local e, em seguida, os suspeitos fugiram.

Na época, mais de 40 integrantes do Corpo de Bombeiros trabalharam no combate ao incêndio. Segundo os bombeiros, a maior dificuldade para combater as chamas foi a grande variedade de materiais inflamáveis e combustíveis dentro do estabelecimento. Havia funcionários no local quando começou o incêndio, mas todos teriam saído a tempo.

Foto: Reprodução

Com G1/PB