Guardas municipais ministram curso de manuseio de fantoches para crianças no Residencial Vista do Verde I

0
76

Uma iniciativa pioneira para promover a cidadania e a criatividade de crianças e adolescentes. Esta é a proposta do curso de manuseio de fantoches, realizado nesta quinta-feira (03) por uma equipe da Guarda Civil Municipal de João Pessoa, para crianças do Residencial Vista do Verde I, no Bairro das Indústrias.

Com olhar atento aos movimentos Joelma, de 12 anos, não escondeu o quanto estava encantada com o curso. Ela e a irmã Ana, de 13 anos, participaram da ação e já estão ansiosas pelas próximas aulas. “Eu e minha irmã adoramos os bonecos, já aprendi até a fazer a voz diferente, falta saber movimentar o fantoche e falar ao mesmo tempo. Nas próximas aulas vamos aprender tudo para fazer uma apresentação também”, disse.

O projeto também agradou aos pais das meninas. “Esse tipo de coisa é muito importante para nós que somos mães, ocupa o tempo livre das crianças e com coisa produtiva. Aqui, minhas filhas estão aprendendo uma arte e estão amando”, ressaltou Marina Alves, mãe de Joelma e Ana.

O curso foi ministrado pelos Guardas Isabel Jordão e João Batista que já trabalham com o fantoche educativo há mais de cinco anos. “Para nós é um momento de aproximação com essas crianças, para que aprendam uma arte e confiem no trabalho da guarda, ganhando a confiança destes pequenos a gente pode trabalhar para que eles não percam a direção do caminho do bem”, disse Isabel Jordão.

O trabalho social feito em parceria com a Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab) e com Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb) é para integrar de forma humanizada as famílias que moram no Residencial Vista Verde I. De acordo com Juliana Martins, assistente social da Semhab, todas as crianças do residencial que tiverem interesse podem participar do curso de fantoches. “A gente faz essas articulações para que essas pessoas que estão morando aqui se sintam bem, que se sintam fazendo parte do local onde moram. Todas as crianças podem participar do curso”, frisou. As equipes da Guarda Municipal da Capital pretendem expandir a iniciativa para outros residenciais.