Google vai inundar os nossos smartphones Android com publicidade

0
46
Google vai inundar os nossos smartphones Android com publicidade
Google vai inundar os nossos smartphones Android com publicidade

Google está a apostar grande no Ecommerce com a mais recente atualização para o seu motor de busca. A empresa revelou que vai oferecer uma experiência personalizada e redesenhada do Google Shopping, juntamente com a introdução da ideia de um carrinho de compras universal em toda a sua plataforma de serviços, incluindo pesquisa, compras, imagens e até mesmo no YouTube.

Esta novidade irá ser transversal a todos os serviços da Google, sendo que o que mais se destaca é o Discover, que está presente em, praticamente, todos os smartphones Android, ao arrastarmos as janelas para a direita e onde vemos algumas informações sobre notícias que sejam interessantes para nós, ou mesmo sobre a nossa equipa desportiva favorita. Dessa forma, em breve, todos os smartphones terão publicidade a surgir neste serviço.

A ideia é que o utilizador pode descobrir e comparar produtos de várias partes da plataforma Google através de anúncios de compras e, em seguida, optar por comprá-los instantaneamente usando sua conta do Google. “Com essa nova experiência, estamos juntando o melhor do Google Express com o Google Shopping”, disse a empresa em um post no blog.

Ao unificar a experiência de compra, o movimento também visa atingir rivais como Pinterest e Instagram, cujas fotos baseadas em plataformas sociais tornam-se cada vez mais populares entre os clientes como um meio para comprar produtos on-line. Isso não é tudo. Em um desenvolvimento separado, o Google também disse que está a combinar todas as suas ofertas relacionadas a viagen, pesquisa de hotéis do Google e voos.

A nova experiência do Google TRIPS

O serviço ainda funciona da mesma forma que nos habituamos, o que significa que vai usar emails de confirmação de viagem e recibos de sua caixa de entrada do Gmail para construir a linha do tempo da sua viagem e, por exemplo, adicionar essa viagem ou estadia ao seu calendário. Mas, agora, o utilizador será capaz de aceder a tudo no desktop. Até agora, estes recursos só estavam disponíveis se através da aplicação Google TRIPS para Android e iOS.

Nos próximos meses, o Google também planeia introduzir a sua informação de viagem, incluindo reservas de hotéis e restaurantes, no Google Maps. A empresa não especifica como é que vai fazer essa integração, mas é provável que no TRIPS sejam incorporadas recursos de pesquisa de Voos e Hotéis, que iria torná-lo muito mais fácil de planear viagens futuras.

O portfólio de produtos da gigante de pesquisa tem sido alvo de críticas, por ser demasiado confuso e extenso, sendo que muitas das aplicações não obtém retorno financeiro ou a sua utilização é diminuta, como foi o caso recente do goo.gl ou do Google Plus, que acabaram por ser descontinuados.

Nos últimos quatro meses e meio sozinho, o Google interrompeu um número alarmante de produtos como Chromecast Audio, Google Allo, goo.gl URL Shortener, Google Inbox, Google +, e muitos mais. Já durante 2019, já estão nos planos o encerramento do Google hangouts e também a migração de utilizadores do Google Play Music para o YouTube Music.

Mas a sério? Mais publicidade?

Além de ganhar dinheiro, a Google afirma que estas novidades irão proporcionar uma maior facilidade ao utilizador, pois encontrará os produtos que procura em outras plataformas e, desta forma, será mais fácil a sua compra.

Por seu lado, as lojas de vendas terão um alcance muito maior das suas campanhas e conseguirão captar muitos mais clientes. Aliás, o próprios Facebook decidiu tornar o Instagram mais fácil para os anunciantes e é uma posta clara na ecommerce.

Numa visão mais ampla, poderemos verificar que tanto a Google como o Facebook tem um objetivo em mente: atacar o segmento de compras online que é liderado pela Amazon e que tornam aquela empresa numa das mais valorizadas do mercado.

Fonte: Google, Google (2), Google (3)

Veja também…

Deixe uma resposta