Google e Fiat unidas para o lançamento de edições epeciais do Fiat 500

0
180

O Fiat 500 é, talvez, um dos modelos mais bem sucedidos no segmento dos compactos quer pela sua aparência, como pelas especificações e pelo conforto. Extremamente versátil, este modelo, marcou o regresso de uma marca que esteve adormecida no tempo. Depois de um grande sucesso, vem os louros do sucedido. Parece que a aposta agora da fabricante italiana é a inclusão de ferramentas com elevada procura por parte dos seus clientes, os aplicativos, Google.

Não é, de todo, nova a ambição da fabricante de Mountain View apostar na mobilidade automóvel, dado que a subsidiária da Alphabet tem vindo a desenvolver tecnologia para automóveis autónomos. Ainda que tenha procurado desenvolver um automóvel exclusivo, o seu objetivo sempre foi o de desenvolver software para os automóveis das grandes construtoras.

Neste sentido, e reforçando a sua linha 500, a Fiat optou por contar com o apoio da Google para a inclusão de tecnologia da fabricante norte-americana, de modo a oferecer uma experiência mais completa que os seus concorrentes. Habitualmente, outras fabricantes apostam em parceiros estratégicos que constroem um sistema feito a pensar exclusivamente em veículos próprios, no entanto, com algumas limitações face à tecnologia atual oferecida por este e outros gigantes.

Segundo a Fiat, os novos modelos estão equipados com a Assistente do Google, que funciona na consola central do carro — onde se encontra o sistema de info-entreteniemento — para que possa recorrer à funcionalidade “Hey, Google” ou “Okay, Google” para fazer tudo aquilo que já consegue com os Serviços do Google no seu telemóvel. Além disso, será também monitorizada a localização, a área (onde o veículo está localizado) ou até a velocidade que atingir para que se mantenha sempre informado do paradeiro ou situação do seu veículo.

Esta é a primeira vez que um automóvel é colocado à venda e é personalizado com este tipo de coisas. Destaca-se a presença de alguns símbolos que lembram a presença da Google no veículo da Fiat. O Fiat 500 é um dos modelos mais emblemáticos, pelo que, a edição 500 Hey Google se encontra disponível nas versões compacto hatchback ou descapotável, com uma motorização híbrida a gasolina de 70 cv, jantes de liga leve de 15″ e um volante desportivo e ainda, com um painel de instrumentos em prata mate. O valor começa em, cerca de, 18.800 euros e na edição “cabriolet” em 21.900 euros.

Os modelos que se seguiram ao sucesso de vendas Fiat 500, foram os modelos 500X e 500L, que também vão ter continuidade e contar com a personalização Google. Ambos os modelos contam com a mesma categoria de imagem exterior, repleta de alusões à Google, as jantes de liga leve de 16″ com diferentes motorizações em cada um dos modelos. O modelo 500L conta um motor a gasolina 1.4l de 97 cv que custa 23.900 euros, outro motor, desta vez, a gasóleo de 1.3l, também ele de 97 cv (apenas em alguns mercados muito específicos, talvez em Portugal).

Do mesmo modo, o modelo 500X oferece quatro motorizações distintas — duas a gasolina e duas a gasóleo —, uma primeira versão 1.2l de 118 cv a gasolina e uma motorização mais forte de 148 cv de 1.300 cc a custar, respetivamente, 24.300 euros e 27.300 euros. Os modelos com motorizações a gasóleo têm respetivamente 97 cv e 132 cv estando, também, apenas disponíveis em alguns mercados.

1 of 3

Em todas as versões, com a edição “Hey, Google” vêm com um kit de boas-vindas, que inclui um hub do Google Nest e ainda uma capa especial para o teclado. Contudo, esta personalização do Google só esta disponível nos modelos referidos no artigo, incluindo o veículo com motorização híbrida. O único modelo que não configura nenhuma destas personalizações é o Fiat 500 cem por cento elétrico.

Fonte Autocar

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões