Google Chrome 90: já está disponível e o que há de novo?

0
137

O Google Chrome 90 agora está a ser implementado gradualmente para utilizadores do Windows 10, macOS, Linux e dispositivos móveis com vários recursos voltados para o consumidor e melhorias de segurança. O Chrome 90 também é a primeira versão do navegador a carregar automaticamente todos os URLs por meio do protocolo HTTPS, mais seguro.

No Chrome 89 ou anterior, se você inserir URLs na barra de endereço do Chrome (Omnibox), o navegador primeiro fará o ping da versão HTTP (não segura) do site antes de redirecionar os utilizadores para a versão HTTP (segura). Depois de aplicar a atualização mais recente do Google, o Chrome 90 fará o ping da versão HTTPS do site em vez do protocolo não seguro.

O Google Chrome já bloqueia downloads de arquivos enviados por protocolo HTTP numa página HTTPS, sendo que, atualmente, apenas o Google Chrome está a carregar URLs automaticamente por meio do protocolo HTTPS e ainda não está claro se esse recurso também está indo para outros navegadores Chromium como o Edge.

Novos recursos no Chrome 90

AV1 Codec

AV1 é um codec de código aberto projetado para permitir streaming de vídeo de melhor qualidade em diferentes formatos e plataformas. O Firefox já oferece suporte a AV1 e o Google Chrome também está a receber este recurso na atualização mais recente.

Além de melhor qualidade de vídeo, AV1 também reduz o uso de dados, especialmente em dispositivos móveis (Android e iOS) ou quando tem uma conexão lenta com a internet.

AV1 não se trata apenas de melhorar a qualidade do streaming. Em teoria, esse recurso poderia oferecer melhor eficiência de compactação e partilha de ecrã em serviços como Discord e Microsoft Teams (web). No entanto, o suporte AV1 no Chrome não é suficiente para melhorar a qualidade visual. O conteúdo também precisa ser codificado em AV1 em sites, em vez de H.264 ou outros formatos.

Nomenclatura de janela

O Google Chrome está a receber um novo recurso de gestão de janelas para facilitar a identificação de vários separadores do navegador. Para aceder a este recurso, precisa abrir o menu do Chrome, clicar em “Mais ferramentas” e selecionar “Janela de nome”.

Renomear janela do Chrome

Ou também pode clicar com o botão direito na janela do navegador para acessar o recurso. O Chrome 90 se lembrará dos nomes que configurou para os separadores e eles serão restaurados na próxima vez que abrir o navegador ou se ele bloquear abruptamente.

Esse recurso também está a chegar ao Microsoft Edge na versão 90.

Outras melhorias no Chrome 90

  • API WebXR Depth: o Chrome está a obter uma nova API baseada na API WebXR Device existente para melhorar a experiência do navegador em AR. Usando essa API e informações de buffer, os aplicativos baseados no Chrome entenderão melhor o ambiente do utilizador.
  • O configurador de protocolo de URL está a ser habilitado para maior conformidade com os padrões.
  • Sobreposição de desempenho: para programadores, o Chrome está a receber uma nova sobreposição opcional que destacará o desempenho do site usando Core Web Vitals e outras métricas promovidas pelo Google.
  • Segurança: o Chrome agora bloqueará conexões com servidores HTTP, HTTPS ou FTP na porta 554 para mitigar o ataque NAT Slipstream 2.0.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões