Gilmar Mendes sobre a presença de militares no Ministério da Saúde: “Que isso seja revisto”

0
29
Gilmar Mendes sobre a presença de militares no Ministério da Saúde: “Que isso seja revisto”
Gilmar Mendes sobre a presença de militares no Ministério da Saúde: “Que isso seja revisto”

Neste domingo (12), Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a comentar a ocupação de cargos no Ministério da Saúde por militares.

Em mensagem postada no Twitter, o ministro voltou a criticar a ocupação de cargos no Ministério por militares. Ele destacou ter “absoluto respeito e admiração pelas Forças Armadas Brasileiras”, mas afirmou “que isso seja revisto, para o bem das FAs e da saúde do Brasil”.

“Não me furto, porém, a criticar a opção de ocupar o Ministério da Saúde predominantemente com militares. A política pública de saúde deve ser pensada e planejada por especialistas, dentro dos marcos constitucionais. Que isso seja revisto, para o bem das FAs e da saúde do Brasil” — escreveu Gilmar.

No sábado (11), o ministro chegou a dizer que “o Exército está se associando a esse genocídio”, em referência à pasta está sendo chefiada pelo General Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde, além de outros cargos do Ministério está nas mãos de militares.

“Não podemos mais tolerar essa situação que se passa no Ministério da Saúde. Não é aceitável que se tenha esse vazio. Pode até se dizer: a estratégia é tirar o protagonismo do governo federal, é atribuir a responsabilidade a estados e municípios — disse o ministro do STF. Se for essa a intenção é preciso se fazer alguma coisa. Isso é péssimo para a imagem das Forças Armadas. É preciso dizer isso de maneira muito clara: o Exército está se associando a esse genocídio, não é razoável. É preciso pôr fim a isso” — disse o ministro do STF.

Deixe uma resposta