Geraldo Medeiros fala sobre a nova fase de flexibilização para eventos na Paraíba

0
193
Foto: reprodução

O secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, falou sobre o cenário que levou ao novo decreto e a adoção das novas medidas. Segundo ele, as decisões foram tomadas com base no atual cenário epidemiológico de queda nos casos de contaminação e de óbitos.

“Essas medidas de flexibilização foram decorrentes do cenário de segurança sanitária em que nos encontramos. Esse é um momento que nos encoraja através dos indicadores epidemiológicos de promover uma abertura dentro de protocolos rígidos dos eventos e demais atividades”, explicou.

Conforme o decreto fica exigido à apresentação, no ato de ingresso nos referidos locais, de testes de antígeno negativo para Covid-19 realizados até 72 horas antes dos eventos e a demonstração da situação vacinal, sendo obrigatório ter recebido pelo menos uma dose há 14 dias, ou duas doses (esquema vacinal completo). A medida passa a vigorar a partir do dia 1º até o dia 17 de outubro.

Medeiros explicou ainda que os dois critérios são necessários para que seja feita uma avaliação sem que haja uma contaminação “grosseira” como ocorreu em outros espaços públicos.

Segundo ele, a exigência foi discutida exaustivamente com todos os segmentos de eventos sociais. “Isso faz parte da segurança sanitária, não só dos espectadores que irão a shows e jogos de futebol, mas para a população como um todo”, advertiu.

Da Redação.