Galvão Bueno fala pela primeira vez sobre rixa com o técnico Felipão

Relação entre Felipão e Galvão Bueno não é das melhores. (Foto: Montagem/Reprodução)
Relação entre Felipão e Galvão Bueno não é das melhores. (Foto: Montagem/Reprodução)

A relação entre Galvão Bueno, principal narrador da TV brasileira, e Luiz Felipe Scolari, o Felipão, um dos técnicos mais vitoriosos do futebol brasileiro e atual campeão nacional, não é das melhores. A rixa ente os dois surgiu após a goleada histórica sofrida pela Seleção Brasileira na Copa de 2014, onde Felipão foi alvo de críticas pesadas, inclusive de Galvão.

Em entrevista ao programa No Ar com André Henning, do Esporte Interativo, em maio deste ano, o treinador detonou o narrador da Globo. “Teve um colega teu, de TV, que passou dez minutos depois do jogo apontando pra mim. Hoje eu não falo para esse senhor, no caso, o Galvão Bueno. Enquanto ele achar que é o todo poderoso, um deus, e que pode fazer aquilo que fez comigo, me jogando contra a torcida… Eu fico aqui. Cada um na sua. Eu não devo nada, cada um faz o seu trabalho e segue sua vida”, disparou.

Já em novembro, Galvão chegou a criticar uma atitude de Felipão, que retirou um jogador do Palmeiras de uma entrevista com um repórter da Globo. Ainda no último mês, o técnico teria recusado um convite para participar do programa Bem, Amigos, comandado por Galvão no SporTV — apesar da assessoria do treinador negar que ele tenha sido de fato convidado.

+ Rafael Ilha diz que produção não conseguirá controlar participantes na festa final de A Fazenda

Segundo informações do site UOL Esporte, na atração do canal pago, o narrador resolveu falar pela primeira vez sobre a rixa com o atual técnico do Palmeiras, mesmo que de forma breve. Ao comentar sobre os técnicos mais experientes e vitoriosos do futebol brasileiro e defender que eles tenham mais oportunidades nos clubes atualmente, o veterano citou Felipão.

“Tem que se respeitar a história. O [Vanderlei] Luxemburgo é um grande técnico, o Muricy [Ramalho] é… Eu achei muito boa essa volta do Felipão ao Palmeiras, fiquei muito feliz”, disse. “Se ele tem algum problema comigo por conta de alguma coisa que eu falei, eu lamento muito, são coisas da vida, mas é um grande técnico”, completou.