Galdino quer radicalizar na transparência e inclusão social na Assembleia

0
117
Galdino quer radicalizar na transparência e inclusão social na Assembleia
Galdino quer radicalizar na transparência e inclusão social na Assembleia

Eleito para presidir a Assembleia Legislativa por dois biênios consecutivos, perfazendo um mandato de quatro anos, o deputado Adriano Galdino (PSB) já definiu metas prioritárias que deseja enfocar, traduzidas na radicalização da transparência sobre as atividades, inclusive, gastos, do Poder Legislativo, e em medidas de inclusão social dentro do compromisso da ALPB de encampar reivindicações mais prementes da população. Galdino dirigiu a Assembleia no biênio anterior ao de Gervásio Maia e recebeu um extraordinário voto de confiança dos seus pares com a unção para o biênio atual e, na sequência, para o próximo período. “Tenho, mais do que nunca, consciência da responsabilidade redobrada que me cabe empalmar”, assinalou Adriano, em entrevistas à imprensa. Mas ele fez questão de manifestar a confiança em que contará com o apoio decidido de membros das Mesas Diretoras. “Gosto de administrar de forma colegiada”, define Galdino. – A nova fase da Assembleia precisa estar em sintonia com a sociedade, levando em conta os novos tempos, com zelo às conquistas sociais. A transparência e a inclusão Cidadã, mais a gestão de resultados proativos em favor dos parlamentares e da sociedade, constituem compromissos de primeira ordem da nova gestão. Nesse sentido, propomos uma série de medidas a curtíssimo, curto e médio prazo para consolidar essa conexão do Poder com as demandas que regem a conjuntura atual – salientou Galdino, alertando que nenhuma dessas metas é maior do que a garantia de governabilidade da gestão de João Azevedo. Ele ressaltou que na pré-campanha para dirigir a ALPB explicitou esse pacto de auxiliar o governo de Azevedo na consecução de metas arrojadas a que se propõe.

No capítulo das medidas de inclusão social, a nova administração legislativa compromete-se a a fazer valer a transparência absoluta com vistas a apresentar amplamente suas contas de forma permanente, inclusive por meio da mídia convencional, mensalmente, para conhecimento de cidadãos e cidadãs da Paraíba. Será implementado o Serviço “Acesso Popular Permanente”, com espaço no site da Casa de Epitácio Pessoa e no setor de Ombudsman da Assembleia, onde qualquer pessoa poderá apresentar suas sugestões, queixas e aplausos. Todos receberão comunicados sobre o andamento das providências. Durante o ano, a Mesa da Assembleia produzirá Sessões itinerantes em todas as regiões do Estado para captar e encaminhar proposituras populares. Tenciona Galdino viabilizar o programa de TV e redes sociais intitulado “O Povo Tem Vez”, com a participação de pessoas de localidades distintas abordando questões em pauta no âmbito da ALPB com interação junto a deputadas e deputados. Será reservado um espaço apropriado para o presidente da Assembleia destinar agenda exclusiva voltada para colher depoimentos de populares, na sede central em João Pessoa, ou nas sessões Itinerantes. Regularmente, na TV e na base da Internet, os deputados ee deputadas terão a oportunidade de expor o que estão produzindo de concreto nos respectivos mandatos.

Como compromisso expansivo, a gestão consolidará reuniões constantes com os demais Poderes objetivando definir pautas comuns. A implantação da estrutura de expansão do sinal para acesso à TV Assembleia em todas as regiões do Estado consta do elenco de propostas, bem assim a viabilização de um canal de rádio FM da Assembleia Legislativa. Adriano Galdino cogita patrocinar convênios com instituições de ensino superior para atrair novos segmentos da inteligência paraibana, produzindo startups e aplicativos visando a aproximar a sociedade do Legislativo. O gestor quer desenvolver programas e eventos que possibilitem a identificação de soluções para os problemas da Paraíba, com o devido encaminhamento aos órgãos competentes. O deputado Adriano Galdino está convencido de que já há inúmeros diagnósticos preparados e redigidos apontando questões prioritárias no contexto da conjuntura paraibana. “O desafio que se coloca para nós é subsidiar poderes e autoridades competentes com os dados disponíveis e com outras informações colhidas diretamente na fonte, junto às camadas populares, de modo a que a sintonia pretendida seja finalmente estabelecida. O presidente citou que temas abrangentes, de caráter nacional, como a escalada da violência e a adoção de medidas para combatê-la, encontrarão ampla ressonância no plenário da Assembleia Legislativa, com o convite a ministros, autoridades e especialistas versados na temática para aprofundamento das discussões e adaptação das sugestões à realidade local. “Estamos prontos para deflagrar um novo ciclo, cada vez mais promissor, cada vez mais proativo, cada vez mais útil do ponto de vista de inserir a comunidade no acesso e na partilha dos bens a que tem direito. Esta filosofia norteará o período que temos pela frente na condução dos trabalhos legislativos”, vaticinou o presidente Adriano Galdino.

Por

Deixe uma resposta