Funjope divulga retificação de datas do cronograma de execução

0
119

A Prefeitura de João Pessoa, através da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), divulgou a retificação das datas do cronograma de execução do edital do Programa de Apoio Emergencial nº 001/2021, voltado para os artistas que tiveram suas atividades interrompidas por força das medidas de isolamento social para enfrentamento da pandemia do Coronavírus. A alteração na data ocorreu devido ao grande volume de inscrições. Ao todo, foram 1.843.

“O volume de inscrições foi realmente muito alto. Nós ultrapassamos 1.800 pessoas e tinha muita gente que poderia receber o recurso, mas o projeto foi rejeitado por pequenos ajustes. Então, nós resolvemos fazer um trabalho de busca ativa. A Funjope ligou para todas as pessoas que tinham alguma pendência”, declarou o diretor-presidente da Funjope, Marcus Alves.

Além disso, segundo ele, muitos documentos foram enviados por e-mail. “Com a retificação, demos oportunidade, até segunda-feira, dia 26, para que mais pessoas pudessem resolver essas pendências e, assim, podermos atender a mais artistas e profissionais da cultura”, acrescentou.

O prazo para recurso do resultado, que era até 21 de abril, passa a ser até as 12h desta segunda-feira, dia 26, e o resultado final, cuja previsão de divulgação seria dia 22/04, deve ser divulgado na tarde do dia 26. A retificação pode ser conferida no Portal da Transparência, no link https://transparencia.joaopessoa.pb.gov.br:8080/licitacoes/visualizar-arquivo?id=35470. A ajuda totaliza o montante de R$ 780 mil.

O auxílio é direcionado exclusivamente para artistas e trabalhadores que morem em João Pessoa há pelo menos dois anos. É considerado artista a pessoa física que realiza trabalho individual ou coletivo e comprove a atividade artística como fonte de renda exclusiva.

Entre os artistas incluídos estão os profissionais das artes cênicas, como teatro dança e circo; música; culturas populares; artes visuais; audiovisual; livro, literatura, leitura e bibliotecas. Estão incluídos também trabalhadores da cultura, como produtores, diretores, artistas pretas e pretos, técnicos e pessoal de apoio a grupos e espetáculos artísticos.