“Fox”, pioneiro dos eSports portugueses, quer alertar empresas

0
60
“Fox”, pioneiro dos eSports portugueses, quer alertar empresas
“Fox”, pioneiro dos eSports portugueses, quer alertar empresas

O jogador de Counter Strike: Global Offensive Ricardo “fox” Pacheco, um dos portugueses que há mais tempo se destaca no universo dos eSports, quer que as empresas invistam mais na modalidade.

Pacheco começou a destacar-se em Counter Strike ainda no “velhinho” 1.6, antes da chegada do “CS” Global Offensive, que veio “modernizar” o videojogo de estratégia e tiro na primeira pessoa (em inglês, “first person shooter”, ou FPS). Desde 2018 que “fox” é “capitão” da espanhola Giants, onde lidera um elenco de jogadores portugueses, acumulando títulos e participações em competições europeias.

Natural de Guimarães, “fox” desafia a habitual pouca durabilidade das carreiras nos desportos digitais, que vão dando os primeiros passos há cerca de duas décadas, e continua a sentir-se “em forma” aos 33 anos.

“Pioneiro sou, e serei sempre. Não é para me gabar, quem me conhece sabe que não sou disso, mas é um facto. Em 20 anos, todos deixaram de jogar e eu senti que tinha futuro nisto, mesmo a nível internacional. Nunca desisti, tive a minha oportunidade e agarrei-a. Fui o único a jogar nas melhores equipas de “CS” no mundo”, comenta à agência Lusa.

As conquistas neste mundo do eSports levam-no a defender que as empresas deviam ajudar mais as equipas e acredita que o fariam se conhecessem melhor o que é o Counter Strike e o que está em causa nestes campeonatos: “se as empresas não investem, é por falta de conhecimento. O pessoal poderia apostar muito mais nas equipas portuguesas, é um mundo com muita adesão e é o futuro da televisão, vai ser tudo à volta dos streams”, afirma o profissional.

Com várias passagens por equipas estrangeiras, “Fox” assegura que a nível global a indústria “envolve números abismais”, e que mesmo surgindo algumas empresas que já apoiam no financiamento de equipas, torneios ou outras organizações, ainda falta outro tipo de investimento que possa segurar os melhores valores portugueses no país.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões