Fiocruz entra com o pedido de registro definitivo da vacina de Oxford na Anvisa

0
62
Fiocruz entra com o pedido de registro definitivo da vacina de Oxford na Anvisa – Foto: Reprodução

A Fundação Oswaldo Cruz, Fiocruz, enviou na tarde desta sexta-feira (29) o pedido de registro definitivo da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZenec na Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

No pedido de registro definitivo, a Fiocruz enviou os documentos que faltavam no processo de submissão contínua do imunizante. O prazo para a Anvisa avaliar o registro definitivo é de 60 dias, que começa a contar a partir de hoje. Esse prazo pode ser reduzido, considerando as informações que a Anvisa já recebeu pelo processo de submissão contínua.

Conforme a CNN, a Fiocruz enviou os dados que revelam a qualidade da vacina fabricada na fábrica de Wuxi, na China, e esclarecimentos mais detalhados de dos dados já submetidos pelo procedimento de submissão contínua.

A equipe técnica da Fiocruz realizou uma reunião de pré-submissão junto à Anvisa sobre o pedido de registro definitivo da vacina Covid-19, na última sexta-feira (22) e prometeu a entrega de todos os documentos até o final desta semana.

A Fiocruz tem autorização apenas para o uso emergencial de dois milhões de vacinas prontas importadas do Instituto Serum. O pedido foi realizado para que essas vacinas pudessem ser utilizadas o mais rápido possível e, com isso, antecipar a vacinação no país. No entanto, a autorização para uso emergencial restringe a vacinação a grupos específicos da população.

Com CNN