Fintech Bom Pra Crédito oferece empréstimo para negativados; Saiba como solicitar

0
74

Muitos bancos e instituições financeiras verificam se o cliente está com o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, antes de aprovar a concessão de crédito. Essa é uma forma de avaliar o risco de inadimplência. Contudo, a fintech Bom Pra Crédito oferece empréstimo inclusive para negativados.

Entretanto, o crédito é na modalidade consignado. Ou seja, com desconto automático na folha de pagamento ou benefício. Sendo assim, apenas funcionários públicos, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem solicitar o serviço.

Dentre as vantagens do empréstimo da Bom Pra Crédito estão taxas de juros a partir de 0,75% ao mês, e uma ferramenta que permite simular as ofertas de crédito em apenas cinco minutos. O cliente também tem a  oportunidade de consultar propostas de empréstimo de até 30 empresas parceiras da companhia.

Além disso, as parcelas têm valores fixos, e o cliente pode parcelar o crédito em até 36 vezes. Após aprovação, a quantia é liberada na conta em até 48 horas. Ficou interessado? Veja como solicitar o serviço!

Como contratar o empréstimo?

O primeiro passo é acessar o site da Bom Pra Crédito. Na página, o consumidor poderá simular o o valor desejado e a quantidade de parcelas que pretende pagar. Basta informar nome completo, e-mail e clicar na opção “Continuar”.

Em seguida, o usuário será redirecionado para fazer o cadastro com dados pessoais mais completos. Assim que o cadastro tiver sido finalizado, o cliente terá que confirmar os dados e o interesse pela busca de propostas de crédito.

Posteriormente, a empresa entrará em contato através do e-mail ou telefone cadastrados. Desse modo, o consumidor poderá visualizar as propostas ofertadas de acordo com seu perfil financeiro. Por fim, após escolher a opção desejada, basta finalizar a contratação do empréstimo pela internet ou em uma agência da instituição.

Leia também: Negativado? Veja 2 opções de empréstimos online sem consulta ao SPC e Serasa