Financiamento Caixa: Quem reduziu parcelas pode ser negativado na Serasa

0
74

Caixa Econômica Federal, recentemente, autorizou a redução temporária das parcelas do financiamento imobiliário. Entretanto, clientes que optaram pelo débito em conta podem ter o CPF negativado na Serasa. Isso porque, em muitos casos, o valor não está sendo descontado de forma automática na conta.

Há vários relatos de pessoas que receberam a notificação de pendência no pagamento por causa desse erro. Inclusive a maioria delas só ficou ciente do problema ao receber a mensagem de inadimplência. Saiba o que fazer para evitar a negativação.

Como regularizar parcelas do financiamento?

Para minimizar os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus, a Caixa concedeu, em março deste ano, uma pausa no pagamento das prestações do financiamento imobiliário. A suspensão foi por até 180 dias, ou seja, seis meses. Com o fim do prazo, a instituição agora oferece uma nova opção para os clientes, a redução das parcelas.

  • 50% de redução, válida por três meses;
  • 25% de redução por até seis meses.

Para aderir, basta acessar o app Habitação Caixa, disponível para Android e iOS. Em seguida, selecionar a opção “Negociação Emergencial” e, por fim, escolher uma opção de desconto – 25% ou 50%.  O cliente pode optar, por exemplo, pelo débito automático em conta.

Contudo, neste caso, possivelmente a primeira parcela não será descontada. Por isso é importante acompanhar o extrato da conta corrente. Nos últimos dias, vários clientes receberam uma notificação da pendência via Serasa por causa desse erro, e poderão ter o CPF negativado.

Para evitar isso, é necessário regularizar o pagamento. É recomendado que o cliente entre em contato  com a agência bancária. Ou então, gere a segunda via da parcela através do site Habitação e efetue o pagamento o mais rápido possível. Dessa forma, a Serasa não irá incluir o CPF no cadastro de inadimplentes.

Leia também: Grana no bolso: Empréstimo Caixa oferece limite de até R$ 21 mil com juros a 1,99% ao mês