Final sangrenta: Casos de violência na Paraíba durante a decisão da Libertadores

A final da Libertadores do último sábado, quando o Palmeiras bateu o Flamengo por 2 a 1 e ergueu a taça pela terceira vez em sua história aconteceu em Montevidéu, no Uruguai, mas reflexos violentos foram registrados no interior da Paraíba. Ao todo, o Sertão do estado registrou dois homicídios, trocas de tiros e pancadaria com causas girando em torno da partida.

Silvio Egídio Santos, 30 anos, agente penitenciário. Foto: Reprodução/Diário do Sertão

Em Cajazeiras, no Alto Sertão do estado, o agente penitenciário Silvio Egídio Santos, 30 anos, foi preso acusado de matar Emanuel Alexandre da Silva, 47 anos, e ferir duas pessoas durante confusão na noite do sábado (27), enquanto assistiam a final da Libertadores em um bar na cidade de Bernardino Batista. Silvio foi transferido da Central de Polícia para o Presídio Regional de Cajazeiras, onde permanece isolado.

Os advogados que integram a defesa, Dr. Ozael da Costa Fernandes, José Policarpo Dantas Neto e Ítalo Estavam, afirmaram que Silvio Egídio sacou a arma de fogo após ser agredido pelos palmeirenses e agiu em legítima defesa. Os advogados garantiram que um laudo de ofensa física confirma agressões na testa e na região da cervical do acusado.

Flamenguista é assassinado enquanto assistia final da Libertadores em Itaporanga/PB. Foto: O Blog de Piancó

Já em Itaporanga, Róbson de Alexandre Caldas, 30 anos, foi morto à tiros enquanto assistia a final da Libertadores com amigos em um bar, localizado no centro da cidade. De acordo com informações da polícia, dois homens em uma moto passavam pelo local, quando efetuaram os disparos de arma de fogo contra os torcedores que estavam no estabelecimento.

Além de Róbson, os disparos atingiram outros dois homens que estavam no local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estiveram no local. A equipe do SAMU conduziu as três vítimas para o Hospital Distrital de Itaporanga e logo ao dar entrada, Róbson de Alexandre Caldas teve sua morte confirmada pela equipe plantonista. Já as outras duas vítimas receberam cuidados necessários e foram liberadas em seguida com ferimentos leves.

Confusão e pancadaria no centro de Sousa/PB (27/11/2021) Foto: Reprodução

Na cidade de Sousa/PB, houve uma grande confusão no centro da cidade. Após o apito final, flamenguistas e palmeirenses que estavam no local se desentenderam, iniciando a pancadaria.

De acordo com informações da polícia, os militares compareceram ao local da confusão e vários torcedores foram conduzidos à delegacia da Polícia Civil de Sousa para a adoção de medidas cabíveis.