Fiat Cronos: Impressões ao dirigir: Fiat Cronos Precision 1.8 AT

Capô, grade e para-choque são diferentes dos do Argo

Capô, grade e para-choque são diferentes dos do Argo (Christian Castanho/Quatro Rodas)

O Argo, lançado em maio de 2017, foi uma grata surpresa. Faz pouco tempo, mas já dá para afirmar: o desenho e o acabamento são seus pontos fortes. O hatch também se destaca pela boa oferta de espaço na cabine, um pouco acima do que se encontra no segmento.

Com a chegada do Cronos prevista para meados de fevereiro ? a data ainda não foi definida -, começa o segundo capítulo dessa história.

Desenho da traseira lembra o do Audi A3. As lanternas são de led

Desenho da traseira lembra o do Audi A3. As lanternas são de led (Christian Castanho/Quatro Rodas)

A lista de preços do Cronos também não foi divulgada, mas com versões e conteúdo muito próximos aos do Argo, dá para dizer que o três volumes custará certa de R$ 4.000 a mais que o hatch.

Não é só o nome e o porta-malas destacado da carroceria que diferenciam o Cronos do Argo. Com um par de vincos extra, o capô é exclusivo, terminando um pouco mais avançado em relação à grade. Esta também é exclusiva, com a parte negra em formato de ondas senoidais.

Fiat Cronos Precision

A grade frontal em forma de ondas é outra exclusividade do Cronos (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Um pouco mais abaixo, na linha inferior do para-choque, outra diferenciação: a grade é mais afilada e longa, pois não divide espaço com os faróis de neblina, estes reposicionados mais para as laterais, logo abaixo dos faróis principais.

Fiat Cronos Precision

Rodas aro 17 são opcionais (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Como não poderia deixar de ser, a traseira é o destaque. Dentre os atuais sedãs compactos do mercado, o Cronos é dono de uma das mais equilibradas proporções de volumes. E o visual caprichado reforça essa impressão.

As lanternas de led e bipartidas conferem um aspecto requintado. Visto pela traseira, o Cronos lembra muito o Audi A3.

Fiat Cronos Precision

Lanternas de led são de série (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Infelizmente, o test-drive organizado pela Fiat em Córdoba, na Argentina, permitiu uma completa tomada de impressões apenas da versão top de linha, Precision 1.8 automática, aqui apresentada.

Bem equipada, traz, de série, controles de estabilidade e tração e indicador de pressão dos pneus, e deve custar R$ 72.000.

Versão
Preço
Cronos Drive 1.3 manual
R$ 59.000
Cronos Drive 1.3 automatizado
R$ 64.000
Cronos Precision 1.8 manual
R$ 66.000
Cronos Precision 1.8 automático
R$ 72.000

Mas os pacotes com rodas aro 17, ar digital, couro, chave presencial, retrovisor interno eletrocrômico, airbags laterais e câmera de ré são opcionais que podem levar o preço final do Cronos a cerca de R$ 82.600.

Faixa central do painel, na cor vinho. No Argo, o aplique é o mesmo, mas em tom prateado

Faixa central do painel, na cor vinho. No Argo, o aplique é o mesmo, mas em tom prateado (Christian Castanho/Quatro Rodas)

A cabine do Cronos é parecida com a do Argo. Se no hatch isso significa uma oferta de espaço um pouco acima da média, entre os sedãs a história muda.

Ao manter os mesmos 2,52 metros de entre-eixos do Argo, o Cronos fica próximo de rivais como o Hyundai HB20S (2,50 metros) e Chevrolet Prisma (2,53).

Cabine do Cronos mantém elementos da Jeep (Christian Castanho/Quatro Rodas)

O comprimento, no entanto, explica o maior porte do Cronos: são 4,36 metros ante 4,23 do HB20S e 4,28 do Prisma.

Estes números também explicam o enorme porta-malas do Cronos: 525 litros, maior até do que o do seu concorrente mais recente, o Volkswagen Virtus, com 521 litros.

Comparativo Fiat Cronos x Volkswagen Virtus

Porta-malas do Cronos possui mola a gás para aliviar o peso da tampa (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Internamente, apenas sutis mudanças diferenciam o Cronos do Argo. A superfície da faixa decorativa central do painel é fosca, na cor vinho ? a do hatch é prateada.

Para acompanhar o desenho das novas portas traseiras, mais alongadas, o banco também é exclusivo.

Banco traseiro foi redesenhado para se adequar ao três volumes

Banco traseiro foi redesenhado para se adequar ao três volumes (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Assim como o Argo, o Cronos tem um acerto macio de suspensão. Mas a engenharia da marca italiana se apressa em destacar que molas e amortecedores são próprios, com calibragem para se adequar à massa e dinâmica do sedã.

Ao volante, o Cronos repete o bom equilíbrio entre conforto e estabilidade do Argo. No limite de contorno das curvas de raio longo, a tendência é sair de frente, mas a carroceria inclina em nível aceitável, que não bota medo.

Comparativo Fiat Cronos x Volkswagen Virtus

Portas traseiras do Cronos são alongadas em relação ao Argo (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Nas frenagens mais fortes, repetição do bom equilíbrio: a dianteira até mergulha, mas a traseira não flutua, se mantendo sob controle.

Os pneus de perfil baixo (205/45 R17), no entanto, fazem com que parte das imperfeições do asfalto cheguem à cabine em nível pouco acima do ideal.

Veja também

  • Comparativo Fiat Cronos x Volkswagen VirtusTestesComparativo: Fiat Cronos x Volkswagen Virtusquery_builder 7 fev 2018 – 10h02
  • Virtus Highline TSINotíciasQuanto vai custar o Volkswagen Virtus com todos os opcionais?query_builder 23 jan 2018 – 16h01
  • O modelo alemão 1956 possui teto solar de fábricaNotíciasVelhinhos em alta: o Fusca ainda vende mais que Argo e Kwidquery_builder 9 fev 2018 – 19h02

Potente (até 139 cv) mas defasado, o motor 1.8 tem bloco de ferro fundido e comando de válvulas simples (apesar do cabeçote multiválvulas) e sem variação.

Aspirado, seu fornecimento de força é linear. Até o seu ronco, mais abafado, foge do convencional.

Comparativo Fiat Cronos x Volkswagen Virtus

Motor 1.8 aspirado do Cronos tem concepção antiga, mas rende bons 139/135 cv (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Os números de teste do Cronos (que deverá ser feito assim que o carro for disponibilizado) devem ficar bem próximos do desempenho do Argo Precision 1.8 AT.

O hatch cravou 11,3 segundos no 0 a 100 km/h e teve médias de 12,1 km/l e 16 km/l no consumo urbano e rodoviário.

Fiat Cronos Precision

Câmbio automático tem seis marchas (Christian Castanho/Quatro Rodas)

O Virtus, com quem vai brigar, tem uma receita mecânica oposta. Quem vence essa briga? Nós já fizemos o comparativo – clique aqui para acessá-lo.

Ficha Técnica

Fiat Cronos Precision 1.8
Preço
R$ 72.000 (estimado)
Motor
flex, diant., transv., quatro cilindros, 1.747 cm3, 16V, aspirado, 139/135 cv a 5.750 rpm, 19,3/18,8 mkgf a 3.750 rpm
Câmbio
automático, 6 marchas, tração dianteira
Suspensão
McPherson (dianteiro)/ eixo de torção (traseiro)
Freios
discos ventilados (dianteiro)/ tambor (traseiro)
Direção
elétrica. diâmetro de giro 10,5 m
Rodas e pneus
205/45 R16
Dimensões
comprimento, 436,4 cm; largura, 172,6 cm; altura 151,6 cm; entre-eixos, 252,1 cm; peso, 1.271 kg; tanque, 48 l; porta-malas, 525 l

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *