FGTS libera novos saques de até R$ 2.900 em janeiro; Saiba como receber

0
74

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) já liberou novos pagamentos para quem aderiu à modalidade de saque-aniversário. Em janeiro, este formato do benefício liberou os saques para os aniversariantes de novembro e dezembro.

Isso porque os repasses acontecem de acordo com a data de nascimento do beneficiários. O saque-aniversário do FGTS funciona na retirada de parte do saldo de qualquer conta do Fundo a cada ano, seja ela ativa ou inativa.

Os pagamentos acontecem conforme o mês de nascimento da pessoa. A partir daí, os recursos ficam disponíveis para retirada até o último dia útil do segundo mês subsequente ao da liberação que dá acesso ao saque.

Valor do saque adicional do FGTS

O cálculo que define o quanto cada beneficiário irá receber é feito conforme um percentual de alíquota aplicado sobre o saldo total do Fundo. A quantia pode variar de 5% a 50% do acumulado de todas as contas mais parcela adicional de até R$ 2,9 mil.

Confira a seguir a tabela completa com os limites de saldos, assim como o percentual extra:

Limites das faixas de saldo Alíquota Parcela adicional até R$500 50% – de R$500,01 até R$1.000 40% R$50 de R$1.000,01 até R$5.000 30% R$150 de R$5.000,01 até R$10.000 20% R$650 de R$10.000,01 até R$15.000 15% R$1.150 de R$15.000,01 até R$20.000 10% R$1.900 acima de R$20.000,01 5% R$2.900

Importante: visto que o saque aniversário exclui o trabalhador do direito de receber os saque rescisão em caso de demissão sem justa causa, é essencial que ele tome a melhor decisão quanto à adesão ao programa.

Para isso, a Caixa permite que o beneficiário simule o valor que receberia caso optasse pelo saque-aniversário. O processo está disponível no site da Caixa, na aba FGTS, ou no aplicativo FGTS.

Cronograma de pagamentos

Veja abaixo o calendário de pagamentos do saque aniversário de acordo com o mês de nascimento do trabalhador:

  • janeiro e fevereiro – saques de abril a junho de 2020;
  • março e abril – saques de maio a julho de 2020;
  • maio e junho – saques de junho a agosto de 2020;
  • julho – saques de julho a setembro de 2020;
  • agosto – saques de agosto a outubro de 2020;
  • setembro – saques de setembro a novembro de 2020;
  • outubro – saques de outubro a dezembro de 2020;
  • novembro – saques de novembro de 2020 a janeiro de 2021;
  • dezembro – saques dezembro de 2020 a fevereiro de 2021.

As datas dos pagamentos começaram em abril e vão até o dia 31 de março para os últimos grupos de beneficiários.

Leia ainda: É possível sacar todo o FGTS em 2021 sem ser demitido? Entenda as possibilidades de saque