Festival do Milho da Cecaf reúne gastronomia, artesanato e atrações culturais

0
114

O V Festival do Milho da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf) está sendo sucesso absoluto de vendas. Até às 10h desta quarta-feira (22), 3.000 mãos de milho foram comercializadas, o equivalente a 156.000 espigas. O evento já contou com apresentação da Quadrilha Junina Só Risos, do Grupo Eita de Tradições Folclóricas e ainda recebe nesta quarta os artistas Mô Lima, Forró Fikado e Ramon Schnayder, com programação até às 16h.

Nesta quinta-feira (24), até às 12h, quem passar pela Cecaf, além de conferir a tradicional feira da agricultura familiar, vai ter acesso à comidas típicas, o melhor da gastronomia regional, artesanato, serviços de saúde, flores ornamentais, forró e apresentações culturais. A Central hoje é referência pela qualidade dos produtos oferecidos e por proporcionar a valorização do trabalho dos agricultores de João Pessoa e região.

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

“Eliminamos a cultura do atravessador. Aqui os agricultores familiares plantam, colhem e repassam os produtos direto para a mão dos consumidores. Assim eles conseguem ver a recompensa do esforço, no trabalho no campo, e quem adquire tem a certeza da qualidade dos produtos. A procura está sendo tanta, que ainda pela manhã muitos retornaram aos seus sítios para colher mais milho e vender no turno da tarde”, explicou Natália Beserra, diretora da Cecaf.

A decoração foi um show à parte no festival deste ano. Os consumidores aproveitaram para tirar fotos e fazer vídeos no cenário. “Já sou cliente da Cecaf, mas o Festival esse ano tá muito bonito. Nunca tinha visto com essa estrutura e, o mais bacana, é que com todos os cuidados, tem como a gente aproveitar o São João”, explicou Janaína Sousa, moradora do José Américo.

Artesanato – O V Festival do Milho marca a retomada da Feirinha da Economia Solidária, realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), agregando e oferecendo as diversas expressões do artesanato paraibano aos clientes que frequentam a Cecaf. No local estão instalados 10 grupos, totalizando 30 comerciantes. O público pode adquirir diversos itens como chaveiros, tiaras, máscaras, pano de prato, bijuteria, biscuit, crochê, artesanato em couro, madeira e decoração.

Eliane Ferreira é uma das que comemorou a retomada da Feirinha. Ela trabalha com artesanato em algodão colorido há mais de 40 anos e disse estar satisfeita com as vendas e surpreendida com o alto número de pessoas que estão participando do Festival do Milho. “Esse festival tem sido muito bom, maravilhoso. Os clientes estão gostando dos produtos e adquirindo, levando para casa um pedacinho do nosso trabalho, que fazemos com tanto carinho e que por conta da pandemia não tínhamos a oportunidade de retomar as vendas de forma tão próxima”, comentou.

Saúde e bem-estar – Além da valorização às tradições nordestinas e do trabalho dos agricultores familiares e artesãos, o Festival está com um espaço destinado à saúde, com serviços de aferição de pressão, auriculoterapia e testes rápidos de Covid, por meio de parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Tem ainda orientação nutricional, explicando para as pessoas a importância do consumo consciente de sal/sódio, por meio de parceria com o Studio de Pilattes Raiane Rodrigues. “A gente está mostrando como as ervas naturais, que já são comercializadas na Cecaf, podem ser utilizadas para substituir o sal tradicional”, explicou a nutricionista Ana Paula Santos, integrante do studio.