Evento de jogos arrecada mais de 3 milhões de dólares para caridade

0
55
Evento de jogos arrecada mais de 3 milhões de dólares para caridade
Evento de jogos arrecada mais de 3 milhões de dólares para caridade

A GuardianCon para quem não conhece, é um tipo de evento que dura um final de semana inteiro que é realizado em Julho, localizado em Orlando. Além disso, o evento também agrega uma sequência de caridade durante uma semana.

O evento começou há alguns anos atrás como um pequeno congresso do Destiny, mas não vamos entrar em detalhes sobre isso. O que queremos apontar é que este evento, junto com um streamer de Fortnite, acaba de levantar mais de 2,3 milhões de libras para um hospital infantil em Memphis.

De acordo com a Forbes, o evento operou em blocos de quatro horas, com streamers, equipes e até mesmo algumas empresas participando. A Bungie, por exemplo, arrecadou £ 313.000 em suas quatro horas, mas as quantias chorudas realmente chegaram durante a vez de Ben “DrLupo” Lupo, quando mais de £ 720.000 foram doadas.

O dinheiro veio de fontes de todos os tipos e tudo vai diretamente para o Hospital de Pesquisas St. Jude Children. E para atrair mais a atenção do público, teve várias formas. A Bungie, por exemplo, mostrou algumas das novas armas do Destiny 2 , enquanto Lupo jogou com alguns desafios auto-impostos, como não ser capaz de construir em Fortnite.

Resultado

E sim, eles conseguiram bater a meta de arrecadação que eles queriam. O evento de caridade da GuardianCon esperava arrecadar US $ 3 milhões, mas no final havia computado US $ 3.721.097.

E é por causa dessas e de outras histórias que vemos o que é tão legal nas pessoas. Apesar de muitos criticarem pessoas viciadas em jogos, e até acharem isso um hábito seriamente nocivo, ainda existe a parte boa dele.

Claro, tem vários outros tipos de eventos de caridade que arrecadam dinheiro também, mas esse não é o ponto. O ponto é mostrar que jogos também podem ser utilizados para uma boa ação como essa. O mundo seria diferente se olhássemos as partes boas das coisas “ruins”.

Fonte

Veja também…

Deixe uma resposta