“Eu espero que tenhamos um retorno positivo”, afirma Bruno sobre diálogo com governador

0
105

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

” Pedido é feio pra quem nega, não pra quem faz”, foi a declaração dada pelo o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), ao ser indagado sobre as reuniões realizadas com o Governo do estado nestas últimas semanas.

A sequência de encontros começou com o Governador João Azevêdo (Cidadania), posteriormente, o secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, Gustavo Feliciano; o presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (CINEP), Rômulo Polari; Jean Nunes, o secretário de Segurança Pública; e o secretário de Saúde, Geraldo Medeiros.

“Qualquer cidade de maior ou menor porte precisa estabelecer parcerias e convênios com outros poderes e entidades públicas ou privadas, para encontrar a solução para os grandes problemas, pois, os menores problemas as fontes próprias conseguem resolver, os grandes nós precisamos de parcerias. A Paraíba sabe das diferenças políticas que nos separam, mas a minha condição de prefeito impõe a capacidade de diálogo e maturidade institucional”, afirmou.

O gestor campinense destacou que há mais de uma década que Campina não recebe convênios com o Governo da Paraíba, mas acrescentou esperar que, a partir desses diálogos, as parcerias possam ser fechadas.

“Há cerca de quinze anos Campina Grande foi excluída do mapa político-administrativo da Paraíba, sem que se receba um único convênio do estado. O governo do estado é ausente seja na política pública de apoio, seja nos nossos grandes eventos como O Maior São João do Mundo e Carnaval. Eu espero que nós tenhamos um retorno positivo, não pra mim, Bruno, pessoa física, mas para a cidade”, finalizou.