Está em dúvida se pega o FGTS agora ou não? Veja data limite de saque dos R$ 1.045

0
50
Está em dúvida se pega o FGTS agora ou não? Veja data limite de saque dos R$ 1.045
Está em dúvida se pega o FGTS agora ou não? Veja data limite de saque dos R$ 1.045

O calendário do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) está em vigor desde o dia 29 de junho. Os nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril já podem resgatar até o valor de R$ 1.045, um salário mínimo, contando com ativa e inativa.

Mas muitos trabalhadores estão em dúvida se pegam o dinheiro agora ou se é melhor deixar o saldo acumulando e ter um valor maior garantido no futuro, em um momento de mais urgência, como o caso de uma demissão sem justa causa.

Seja qual for a decisão do trabalhador, que depende da sua situação financeira no momento, o governo federal deu até 31 de dezembro deste ano para que o dinheiro referente ao FGTS emergencial seja resgatado.

Funciona assim: se o trabalhador não movimentar a poupança social digital até 30 de novembro, o FGTS disponível volta para o fundo, sem nenhuma perda de valor. Caso após esse prazo a pessoa decidir pelo saque, terá até dia 31 de dezembro para solicitar pelo app FGTS.

Formas de resgate do dinheiro

A princípio, o pagamento do saque emergencial do FGTS é realizado exclusivamente pela poupança social digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome do trabalhador. Esse meio oferece diversas alternativas que tornam o saque em espécie, ou transferência, não necessários.

Baixando o aplicativo Caixa Tem no celular, a pessoa pode pagar boletos e contas, além de utilizar o cartão de débito virtual para compras online e QR code para fazer compras em estabelecimentos físicos como supermercados, farmácias, padarias e outros.

A partir da data de liberação dos recursos para saque e transferência, que também segue calendário de acordo com o mês de nascimento, os trabalhadores vão poder transferir o dinheiro para contas em qualquer banco, sem cobrança de taxas.

O saque em espécie poderá ser feito nos terminais de autoatendimento da Caixa e casas lotéricas, utilizando o código gerado no app Caixa Tem.

Veja também: Sua conta do auxílio de R$ 600 foi bloqueada? Caixa anuncia datas para desbloqueio

Deixe uma resposta