Tribunal nega recurso e Scarpa continua vinculado ao Flu

imagem22-03-2018-23-03-11Scarpa foi apresentado aos torcedores do Palmeiras em janeiro (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

A novela acerca da negociação de Gustavo Scarpa ao Palmeiras continua. Nesta quinta-feira, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) negou o recurso apresentado pela defesa do atleta, mantendo válida a decisão de anular o contrato do jogador com o Verdão e mantendo-o vinculado ao Fluminense, sua ex-equipe. A informação foi publicada inicialmente pelo Globo Esporte.

Na última quinta-feira, a liminar que liberava o atleta foi derrubada por 5 votos a 4 em julgamento. No final de 2017, Scarpa entrou na Justiça contra o Flu por conta de R$ 9 milhões devidos pelo clube ao jogador, entre salários, direitos de imagem e outras pendências. Em janeiro, o meia conseguiu a rescisão contratual na Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro e assinou com o Palestra por cinco temporadas.

Os representantes de defesa de Scarpa pediram a anulação deste julgamento, mas Lelio Bentes Corrêa, responsável pelo caso, reiterou que não havia erro ou ato contrário à ordem do processo, mantendo a decisão.

A derrota no TST já era esperada pelo estafe do jogador, que segue confiante na resolução favorável do caso ao atleta. A situação não é definitiva, já que haverá uma nova audiência no TRT-RJ no dia 14 de abril.

Sobre Scarpa: derrota no recurso pedido pelo atleta já era esperada. Haverá nova audiência em 14 de abril no TRT-RJ, mas a tendência é que o caso só seja resolvido no TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília. Estafe segue absolutamente confiante em uma vitória pic.twitter.com/5vG3nlI0AZ

— Bruno Calió (@b_calio) 22 de março de 2018

amei