Ricciardo é punido e perderá três posições no grid de largada

Piloto da casa acabou pecando pelo excesso ao tentar cumprir as regras (Foto: PAUL CROCK/AFP)

Daniel Ricciardo foi penalizado com a perda de três posições no grid de largada do GP da Austrália e dois pontos na classificação do campeonato por não conduzir seu carro acima do mínimo de velocidade estipulada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) após a imposição da bandeira vermelha durante o segundo treino livre desta sexta-feira, em Melbourne.

Segundo os supervisores da prova, a pena de Ricciardo foi aliviada pelo fato de ele não ter criado qualquer situação de perigo no traçado de Albert Park.

“Os supervisores revisaram dados e o vídeo e chegaram à conclusão que Ricciardo realmente falhou em permanecer acima da velocidade mínima estabelecida pela FIA nos dois últimos setores de triagem”, reportaram os chamados stewards.

“Ricciardo desacelerou para andar por volta de 175km/h na curva 12 e foi consistentemente e significativamente mais lento nas últimas três curvas, se mantendo comprometido com os requerimentos do Código Internacional Esportivo. No entanto, ele admitiu que exagerou e acabou ficando abaixo do mínimo requerido”, completaram explicando o ocorrido e enfatizando a boa vontade do piloto australiano.

Já o finlandês Kimi Raikkonen se livrou de uma punição. O piloto da Ferrari acabou forçando a ida de Valtteri Bottas para fora da pista durante a última sessão do dia, já que o seu compatriota havia se aproximado muito de sua traseira e teve de se desdobrar para evitar uma colisão. Os supervisores analisaram as cenas e entenderam que Raikkonen não impediu a ultrapassagem do piloto da Mercedes intencionalmente.

amei