Carille despista e não sabe se joga com Ralf ou Gabriel no clássico

Confira este e outros vídeos em
Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

O técnico Fábio Carille ficou extasiado pelo acerto na escalação de Ralf contra o Bragantino, na noite da última quinta-feira, no estádio de Itaquera, mas não quis falar se o experiente meio-campista ganhou a vaga de Gabriel, dono da posição desde o começo do ano passado. Frisando sempre que a mudança foi pensada levando em conta a força do jogo aéreo rival, o treinador disse que não sabe quem atuará no clássico do domingo, às 16h (de Brasília), contra o São Paulo, no Morumbi.

“Amanhã (sexta-feira) eu começo a pensar, vamos analisar o São Paulo. Vamos ver o que mostra o jogo”, disse o comandante, que deu algumas pequenas dicas sobre suas preferências. Uma delas, que pende para o lado do camisa 5, saiu logo depois da indecisão ser exposta.

“Eu sei também que o São Paulo não tem uma bola aérea assim tão forte, como é o Bragantino, por exemplo. Mas é na sexta-feira mesmo que a gente começa a planejar o jogo de domingo”, observou o treinador, preocupado em não criar qualquer situação desconfortável no elenco.

imagem23-03-2018-11-03-34imagem23-03-2018-11-03-35imagem23-03-2018-11-03-35imagem23-03-2018-11-03-35imagem23-03-2018-11-03-35imagem23-03-2018-11-03-36imagem23-03-2018-11-03-36imagem23-03-2018-11-03-36imagem23-03-2018-11-03-36imagem23-03-2018-11-03-36imagem23-03-2018-11-03-36imagem23-03-2018-11-03-37imagem23-03-2018-11-03-37imagem23-03-2018-11-03-37imagem23-03-2018-11-03-37imagem23-03-2018-11-03-38imagem23-03-2018-11-03-38imagem23-03-2018-11-03-38imagem23-03-2018-11-03-39imagem23-03-2018-11-03-39imagem23-03-2018-11-03-39imagem23-03-2018-11-03-39imagem23-03-2018-11-03-40imagem23-03-2018-11-03-40imagem23-03-2018-11-03-40imagem23-03-2018-11-03-40imagem23-03-2018-11-03-41

“Falando de uma posição específica, estou muito feliz com o que o Gabriel está fazendo, muito feliz, mas, para hoje (quinta), eu precisava das características do Ralf. Meu grupo vai se formando ainda, que bom ver jogadores entrando, como entrou o Mantuan. Tem muito jogo no ano, a gente vai precisar muita gente”, avaliou Carille, fã confesso de ambos os atletas.

“Conheço o Ralf desde o Barueri, trabalhamos lá juntos desde 2008, sei que a vinda dele teve muito peso daquilo que eu falei. O Gabriel tem uma característica diferente, perna mais rápida, encurta mais rápido, o Ralf tem mais essa imposição, essa força por cima, era isso que precisávamos”, avaliou Carille, até brincalhão ao tratar do bom desempenho de Ralf, apenas em seu segundo jogo no ano

“Eu estou achando que trocaram os joelhos do Ralf lá na China, porque o bicho está mais habilidoso, não está? Acho que trocaram (risos)”, concluiu o comandante corintiano.

amei