Equipes da SMS continuam com ações de prevenção às ISTs e alertam sobre uso de preservativos

0
102

No período das festividades carnavalescas, as campanhas de conscientização para prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) tem sido intensificadas pela Seção IST/Aids e hepatites virais da Secretaria Municipal de João Pessoa. Os profissionais de saúde têm conversando com diversos públicos levando orientações e alertando sobre a importância de usar preservativos e fazer sexo de forma segura. Para este carnaval, a mobilização das equipes foi intensificada com a atuação dos profissionais nos pontos de concentração e passagem de blocos.

Neste domingo (16) para o bloco das Virgens de Tambaú, além do posto médico instalado no estacionamento do supermercado Pão de Açúcar, os profissionais do SAMU prestarão assistência aos foliões com três USB instaladas no Antigo Posto 99, na lateral do Pão de Açúcar e no cruzamento da Av. Epitácio Pessoa com a Avenida Miguel Sátiro. Também será disponibilizada uma ambulância extratipo USA, localizada na lateral do Pão de Açúcar.

No sábado (15), no corredor da folia localizado na Epitácio Pessoa, foram distribuídos cerca de 30 mil preservativos masculinos e femininos e 22 mil géis lubrificantes. “Estaremos com a distribuição em todos os dias do Folia de Rua, no Carnaval de Boa de forma itinerante, com e com ponto de apoio em frente ao supermercado Pão  de Açúcar”, lembrou Roberta Cabral, técnica da seção IST/Aids e hepatites virais da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Ainda no sábado, o SAMU/JP realizou 14 atendimentos do local, sem gravidades mas com necessidade de remoção para serviços de referências. Os atendimentos foram por ingestão de bebidas alcoólicas, torções e alteração na glicemia ou na pressão arterial.

Quando se trata de saúde pública, o preservativo é o meio de prevenção mais eficaz no controle de Infecções Sexualmente Transmissíveis entre a população sexualmente ativa, como o HIV, que não tem cura, sífilis, gonorreia e clamídia, por exemplo. Dados do último boletim epidemiológico do HIV/Aids, do Ministério da Saúde aponta que, o HIV cresce mais entre os jovens brasileiros. A maioria dos casos de infecção pelo HIV no país é registrada na faixa de 20 a 34 anos (52,7%).

As infecções transmitidas por relação sexual são causadas por mais de 30 vírus e bactérias através do contato, sem o uso de camisinha, com uma pessoa que esteja infectada. Desta forma, abrir mão do uso do preservativo nas relações expõe a pessoa e os parceiros com as quais ela se relaciona. “É importante que a população se proteja. E na dúvida, procure um de nossos serviços da rede municipal de saúde para fazer o teste rápido, buscar orientações e se necessário, pegar preservativos que são distribuídos gratuitamente”, informou Roberta Cabral.

O estudante Jonathan Soares disse que todos os anos passa no ponto de apoio da Secretaria de Saúde para pagar os preservativos. “Sempre pego os preservativos nas Unidades de Saúde, mas sei que todos os anos é certo encontrar o pessoal da Saúde nas proximidades do Pão de Açúcar, com equipes mobilizadas fazendo essa distribuição. Eu aproveito e sempre pego para mim e para meus amigos, orientando também para aproveitarem a festa com segurança e tranquilidade”, disse o folião.

Mais Serviços – Além da Seção de IST, AIDS e Hepatites Virais, a SMS também prestou assistência aos foliões com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e com gerência de Vigilância Sanitária (GVS) está realizando fiscalizações junto aos comerciantes de alimentos e bebidas que estavam no corredor da folia.