Em Noronha: praia é interditada após criança ser atacada por tubarão

Foto: Ana Clara Marinho/g1

A Praia do Sueste, em Fernando de Noronha, foi interditada após uma criança de 8 anos ser atacada por um tubarão, na manhã desta sexta-feira (28). A interdição do local, que faz parte do Parque Nacional Marinho, foi realizada pelo Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) até que a investigação do caso seja concluída.

“Neste momento, a praia está fechada para a gente conseguir avaliar o que está acontecendo. Então, a praia vai ficar fechada por alguns dias. A gente ainda não tem a informação de quantos dias e como vai ser esse retorno. Vamos conversar ainda com uma comissão, que vai além do ICMBio, para a gente conseguir avaliar qual a melhor estratégia”, disse Carla Guaitanele, chefe do instituto na ilha.

Uma equipe do ICMBio levou a menina até o Hospital São Lucas. “A gente está dando apoio à vítima e, em seguida, a gente vai avaliar o que ocorreu, de fato, e o que a gente pode fazer nos próximos passos”, declarou Carla.

Ela contou que o acidente aconteceu por volta das 10h30. “Foi quando todos nós fomos mobilizados, tanto o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] e o Corpo de Bombeiros, como a nossa equipe. […] O socorro, a responsabilidade é do Samu. Localmente, a gente tem uma equipe […] e os equipamentos básicos para dar esse primeiro apoio. E, por sorte, a gente tinha visitantes médicos que conseguiram dar um apoio muito mais especializado”, afirmou.

A criança atacada por um tubarão na Praia do Sueste é uma turista de São Paulo e não teve o nome divulgado. Em nota, a Administração da Ilha disse que a menina chegou em estado grave ao Hospital São Lucas. “Foram realizados todos os procedimentos necessários, incluindo transfusão sanguínea, para garantir a estabilidade da paciente”, disse o governo local, no texto.

Por volta das 15h desta sexta-feira (28), ela foi transferida para o Recife em uma aeronave de salvamento, equipada com uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea. A criança chegou ao Hospital Português por volta das 17h, em uma ambulância do Samu.

Com G1