Eipc Games dá aos criadores acesso gratuito a serviços de voz e anti-cheating

0
114

Epic Games expandiu as suas ofertas de serviços online, dando aos desenvolvedores o acesso a comunicações de voz e software anti-cheat de forma gratuita.

A empresa construiu originalmente o Epic Online Services para Fortnite antes de lançá-lo como um conjunto de ferramentas que outros desenvolvedores podem usar para as suas criações em qualquer mecanismo ou plataforma, isento de custo.

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

Esta implementação adiciona o Easy Anti-Cheat à lista de ferramentas que os desenvolvedores poderão aceder, dentro do pacote do SDK do Epic Online Services. A Epic comprou a empresa sediada em Helsínquia que desenvolveu o software, em 2018, e usa a solução anti-cheating no Fortnite.

Existem centenas de outros jogos que também usam o software para manter longe os trapaceiros, incluindo Fall Guys da Mediatonic, que sofria desse grande problema.

Com a ajuda do software os desenvolvedores serão capazes de controlar e aplicar medidas anti-cheating para os seus jogos. E como a Epic planeia fornecer atualizações contínuas ao Easy Anti-Cheat, os criadores de jogos terão a possibilidade de manter os jogadores desonestos afastados, mesmo que os cheats evoluam para evitar a deteção.

Entretanto, convém ressaltar que o software não é perfeito e vários jogos online que o utilizam ainda se veem a braços com trapaceiros. De acordo com os dados coletados pelo Surfshark VPN há apenas alguns meses, por exemplo, Fortnite é o “jogo online mais trapaceado”. Teve três vezes mais trapaceiros que Overwatch, que ficou em segundo lugar, e as pessoas procuraram mais por aimbots.

Como os outros serviços incluídos no EOS SDK, o novo recurso de comunicação de voz também foi originalmente usado no famoso battle royale game da Epic. Este recurso permite conversas individuais e bate-papos em grupo para usuários autenticados em várias plataformas durante as partidas e nos lobbies.

As conexões entre os usuários são retransmitidas por meio de servidores pertencentes à Epic Online Services, que também manipulará e operará o recurso de voz de um jogo – algo que pode custar aos desenvolvedores milhões de dólares – a título gratuito.

Além de lançar serviços gratuitos de voz e anti-cheat para desenvolvedores, a empresa também revelou que a Epic Games agora tem mais de 500 milhões de contas com 2,7 bilhões de conexões de amigos em Fortnite, Rocket League e Epic Games Store.

Fonte: Engadget