É MEI? Saiba como solicitar o empréstimo de até R$ 2 mil IOUU e Baduk

0
101

O Microempreendedor Individual (MEI) pode contar com mais uma modalidade de crédito facilitado no mercado. Isso porque a parceria entre as fintechs IOUU e Baduk trouxe uma nova opção de empréstimo para a categoria de pequenos empresários.

Em suma, a modalidade financeira produtiva tem como objetivo ajudar no desenvolvimento do negócio durante o período de recessão econômica causado pela pandemia. Os valores da nova linha de crédito variam entre R$ 200 e R$ 2 mil.

Dinheiro a quem precisa

Pequenos empreendedores individuais e trabalhadores autônomos contam com o prazo de um mês para o pagamento do empréstimo. O crédito será captado entre os investidores da IOUU, no P2P (crédito entre pessoas).

De acordo com o CEO da IOUU, Bruno Sayão, o agente de crédito que emprestar o dinheiro terá um retorno entre 2% e 5%. “É uma ação que tem como objetivo colocar o impacto social e o retorno financeiro caminhando juntos. É fazer o dinheiro render apoiando quem mais precisa”, disse o executivo.

Empréstimo IOUU e Baduk para MEI

Sayão disse ainda que o movimento solidário é mais uma das ações da IOUU para ajudar pequenas e médias empresas na pandemia do coronavírus.

Em maio, a empresa também lançou a campanha Conta Comigo que tem o propósito de ajudar as micro, pequenas e médias empresas a enfrentar a crise captando crédito diretamente com os seus clientes. Lembrando que a campanha segue vigente e os interessados ainda podem participar.

Confira mais informações a seguir:

  • Quanto é liberado: entre R$ 200 e R$ 2 mil;
  • Prazo de pagamento: 30 dias (um mês);
  • Juros: quem empresta terá retorno entre de 2% e 5% depois de 30 dias.

Saiba como solicitar

Em linhas gerais, o processo de solicitação é fácil. A princípio, basta o interessado se cadastrar no site da Baduk, responsável pela análise de crédito. A partir daí, quando o cadastro for aprovado, a IOUU assume a operação e oferece a oportunidade de crédito dentro do perfil estabelecido para o consumidor.

De acordo com o CEO da IOUU, “No período de janeiro a setembro deste ano, já foram solicitados R$ 2 bi em valor de crédito. Faremos o possível para entender e atender aqueles que precisam do serviço. Queremos ser relevantes em um contexto diferente, com um cenário desafiador imposto pela pandemia”, concluiu.

Leia ainda: BNDES para MEI: Oferta libera cartão de crédito a juros baixos e pagamento em até 48 vezes