Dono de lanchonete em Campina Grande denuncia ataques racistas em redes sociais e desabafa: “fora clientes racistas”

0
70
Segundo a denúncia feita pelo próprio estabelecimento, a cliente teria usado o whatsapp para atacar o trabalhador. (Foto: reprodução)

Um atendente de uma lanchonete em Campina Grande foi alvo comentários com conteúdo racista nas redes sociais nesta terça-feira (8). De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, o rapaz teria recebido opiniões com injúria racial proferidas por uma cliente. Segundo a denúncia feita pelo próprio estabelecimento, a cliente teria usado o whatsapp para atacar o trabalhador. 

“Não me sinto bem sendo atendida por um preto. Isso é ruim. Mancha a imagem da lanchonete. Não é questão de racismo. É só que não sou obrigada a ser atendida por um negro. Foi até um rapaz educado conosco, mas a cor dele não se nega, entende?”, disse a mulher.

Em postagens no perfil do ‘FasFood Lanchonetes’, o dono do estabelecimento emitiu uma nota de repúdio em que diz não aceitar clientes racistas no local. “A Fast Food não aceita nenhum tipo de desrespeito, racismo é crime!”, relata parte da nota, denunciando que está tomando as providências para solucionar o caso. “Porém, certificando-nos de que tratava-se realmente de um caso de racismo, a empresa tomou as devidas medidas legais cabíveis”. 

Confira a nota de repúdio:

NOTA DE REPÚDIO 

Na madrugada dessa terça-feira, nós da equipe Fast Food tivemos o enorme desprazer de receber o contato de uma cliente via WhatsApp queixando-se do nosso serviço de atendimento. Até então o que parecia ser uma queixa comum tornou-se um episódio horripilante de racismo contra um de nossos atendentes em treinamento. A Fast Food não aceita nenhum tipo de desrespeito, racismo é crime! A priori chocados com a situação pensamos em não trazer a público, pois acreditávamos ser uma pegadinha. Porém, certificando-nos de que tratava-se realmente de um caso de racismo, a empresa tomou as devidas medidas legais cabíveis.

Trazemos as mensagens horripilantes a público para trazer essa discussão de que racismo ainda existe, e nós cidadãos de bem, não podemos permitir que cenas como essa se repitam impunes.

A FAST FOOD NÃO ACEITA CLIENTES RACISTAS

Com Click PB