Descubra como será a antecipação do 13º salário do INSS em 2021

0
66

Segurados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) devem receber o 13º salário antecipadamente em 2021, assim como ocorreu no ano passado. A antecipação do benefício foi determinada pelo Decreto 10.410 de 2020.

Se o processo for adotado novamente, ele deve seguir os moldes do procedimento realizado em 2020. Sendo assim, os valores devem ser creditados nas contas dos beneficiários no mês de agosto. No último ano, o dinheiro foi liberado entre abril e junho por conta da pandemia de coronavírus.

O governo federal pretende movimentar a economia do país, que ainda sofre com as consequências da crise sanitária. Até o ano passado, a primeira parcela do 13º salário do INSS era liberada em setembro, e a segunda em dezembro.

Quem terá direito?

Poderão antecipar o 13º salário do INSS os beneficiários dos seguintes programas: auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria, pensão por morte, auxílio-reclusão e salário-maternidade.

Sobre o Decreto 10.410

O Decreto 10.410, que antecipou o 13º salário do INSS, também determinou outras alterações na Previdência Social. Veja abaixo algumas delas:

  • Considerou novos segurados como contribuintes individuais (motoristas de aplicativo, artesãos, representantes e empregados com contrato de trabalho intermitente);
  • Deu mais direito aos trabalhadores domésticos;
  • Unificou o salário-família, que agora é de R$ 48,62.

Leia mais: INSS pode aumentar o valor de benefícios; Veja 3 propostas em andamento