Deputada adverte para perigo de “inchaço” da base de Azevedo

0
69
Deputada adverte para perigo de “inchaço” da base de Azevedo
Deputada adverte para perigo de “inchaço” da base de Azevedo

A deputada estadual Pollyana Dutra, do PSB, ponderou, ontem, em declarações, quanto ao risco de o governador João Azevedo vir a ter “dor de cabeça” com um possível aumento da bancada de sustentação oficial na Assembleia Legislativa dos atuais 22 parlamentares para possivelmente 25. Pessoalmente, a socialista revela que o ideal seria manter os atuais aliados que estiveram juntos desde a campanha eleitoral do ano passado e que garantiram a vitória do projeto socialista. Em todo caso, a deputada concedeu que todo gestor quer garantir a governabilidade. “Quanto mais deputado, melhor, mas é preciso fazer uma triagem para evitar problemas de acomodação”, disse a representante de Pombal numa entrevista à TV Correio, no programa “Correio Debate”.

Na condição de integrante do PSB, Pollyana afirmou que a sua experiência com o projeto e com ações empreendidas há muito tempo dentro do grupo socialista dá-lhe condições para exercer uma mediação mais fácil entre Assembleia Legislativa, governo do Estado e sociedade. “Esses cristãos novos que estão chegando agora não detêm a mesma facilidade. Eles terão que compreender o governo. Mesmo assim, são bem-vindos”, obtemperou Pollyana, dando uma no cravo e outra na ferradura. A parlamentar frisou que uma de suas batalhas será pela garantia de saúde pública de qualidade na região do Alto Sertão, onde ela tem bases fixadas.

– Vivemos, na gestão do PSB, melhorias nos indicadores de saúde na minha região. Nós conseguimos reduzir a mortalidade infantil com essa parceria que fizemos com o Estado, além de reduzirmos as mortes causadas por doenças cardíacas. Desse ponto de vista, as políticas do SUS foram benéficas no atendimento público na nossa região. Mas precisamos melhorar esse patamar”, frisou. Pollyana Dutra defendeu a necessidade de busca de alternativas para assegurar o atendimento aos mais de um milhão de sertanejos. “Não sou contra, de forma alguma, á construção de hospitais em João Pessoa e Campina Grande. Mas pleiteio a extensão desses benefícios em proveito das comunidades da região sertaneja, que é tão carente”, acentuou.

Pollyana Dutra descartou a possibilidade de concorrer à prefeitura de Pombal na eleição do próximo ano. “Nós não chegamos, sequer, a discutir as questões inerentes ao mandato de deputada estadual, por isso não podemos precipitar especulações sobre pleitos vindouros. A minha terra garantiu-me mais de 10 mil votos e é natural que eu procure acompanhar as tratativas políticas ali desenvolvidas. Estamos organizando um bloco de oposição para lançar o nome que estiver mais bem preparado parra a disputa em 2020”, arrematou.

Deixe uma resposta