Defesa Civil realiza ações preventivas para minimizar transtornos à população com a chegada do inverno

0
129

Nesta segunda-feira (21) começa, oficialmente, o inverno 2021 no Brasil. Em João Pessoa, a Defesa Civil tem trabalhado constantemente para minimizar os transtornos para quem mora em áreas de risco, áreas ribeirinhas e encostas.

João Pessoa tem atualmente 45 áreas de risco identificadas e monitoradas pela Defesa Civil. “Cumprindo a determinação do prefeito Cícero Lucena, a Defesa Civil vem fazendo um trabalho preventivo para minimizar ao máximo os problemas e proteger a população. Todos os esforços foram empreendidos”, afirma o secretário da pasta, Kelson Chaves.

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

Exemplo desse trabalho contínuo é o número de ocorrências atendidas este ano que somam 380 registros. “Já emitimos mais de 70 Relatórios de Vistoria Técnica, o que também superará os cerca de oitenta do ano passado. O volume de trabalho e produção cresceram, resultante do esforço e compromisso de todo o grupo”, frisa o secretário.

Ele acrescentou ainda que “a Defesa Civil se preocupa também com as barreiras da nossa Capital. Elas estão monitoradas, mas, por vezes, algumas pessoas insistem na ocupação irregular e relutam na desocupação consciente, o que dificulta sobremaneira o nosso trabalho”, disse.

Kelson Chaves lembrou que as equipes estão de plantão para atender a população, através dos telefones 0800-285-9020 e 98831-6885, que funcionam 24 horas.

Desassoreamento- O serviço de desassoreamento dos rios, que proporciona uma paisagem mais bonita e bem estar para os moradores de toda a cidade, tem como principal finalidade evitar as inundações. “Foi realizada a limpeza e desassoreamento de trechos dos rios que cortam a nossa Capital. Mas, a população também precisa ajudar, parando de jogar lixo nas ruas e nas margens dos rios”, explica o secretário.

O serviço de limpeza dos rios já beneficiou o Bairro São José, a Comunidade dos Ipês, os moradores da Comunidade Tito Silva e dos arredores do Rio Cuiá (trechos próximos a Valentina / Mangabeira) e da comunidade São Rafael, no Castelo Branco. E ainda a Comunidades Padre Hildon Bandeira (Beira Rio), São Luís e São Gabriel, no Bessa, e Cinco de Julho e Beira da Linha, no Alto do Mateus.

Está sendo finalizada a limpeza do Rio Jaguaribe, nas proximidades do Jardim Guaíba (Cruz das Armas) e o desassoreamento do mesmo nos trechos do canal do bairro do Bessa (Rio Morto).

Equipes da Defesa Civil trabalham também no desassoreamento do Rio do Cabelo, no bairro da Penha e da Lagoa Três, do complexo Três Lagoas, que beneficiará a Comunidade Beira Molhada e os Bairros das Indústrias, Jardim Veneza, Oitizeiro e Esplanada.