Daniella Ribeiro é escalada para CPI do MEC no Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, confirmou que a senadora Daniella Ribeiro (PSD) será titular da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que tem o objetivo de desvendar irregularidades no Ministério da Educação (MEC). 31 senadores assinaram o requerimento de instalação da CPI.

O presidente do Senado ainda informou que abrirá outras três CPIs: Além da CPI do MEC, haverá uma sobre obras do MEC de gestões passadas paradas, de autoria do líder do governo no Senado, Carlos Portinho (PL-RJ); outra sobre a atuação do narcotráfico no Norte e Nordeste do país, e uma terceira sobre a atuação de ONGs na Amazônia.

Na semana passada, o líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues, protocolou o pedido para instalação da CPI para investigar suspeitas de corrupção durante a gestão de Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação.