Consigo abrir um MEI e solicitar empréstimo estando com o nome sujo?

0
52

Uma dúvida muito comum entre os brasileiros é sobre a possibilidade de se tornar um microempreendedor individual (MEI) estando com o CPF negativado junto a órgãos de proteção ao crédito. Outra questão bastante recorrente diz respeito à aprovação de empréstimos estando com o nome sujo.

Então, se você quer abrir um MEI e não sabe se pode porque está negativado, ou ainda se precisa de um empréstimo e não tem certeza se vai conseguir, continue lendo e veja as respostas.

Posso abrir um MEI estando negativado?

Sim, você pode. Para o cadastro de uma empresa nessa categoria, não é feita nenhuma consulta ao SPC, Serasa, ou outros órgãos de proteção ao crédito. Sendo assim, não importa se seu nome está sujo.

No entanto, é importante lembrar que um CPF negativado pode impedir o acesso ao crédito caso você precise de dinheiro para manter sua empresa. O motivo é que a maioria das instituições faz consulta ao SPC e Serasa antes de liberar um empréstimo.

Nesse sentido, vale a pena ficar com as contas em dia antes de dar entrada no MEI. Assim você garante uma vida financeira mais saudável e uma vida mais longa para sue negócio.

Empréstimo com o nome sujo é possível?

Embora seja difícil conseguir crédito estando negativado, existem algumas opções no mercado. A seguir, confira três modalidades de empréstimo que são aprovadas até para quem está devendo:

Penhor da Caixa

Essa talvez é uma das formas mais tradicionais de se conseguir crédito, tendo sido criada ainda em 1861. O Penhor da Caixa oferece empréstimos de R$ 50 a R$ 100 mil, na proporção de até 85% do bem penhorado. O prazo para pagar é de até 180 dias, sob pena de penhor do bem em caso de inadimplência.

Nessa modalidade, são aceitos objetos de valor como joias, metais nobres, diamantes lapidados, pérolas, relógios, canetas e pratarias. Para contratar o Penhor da Caixa, vá até uma das agências do banco estatal, apresente seus documentos pessoais, leve o bem a ser penhorado e aguarde a avaliação. O resultado sai na hora e o dinheiro cai na conta logo após a contratação.

Caso você precise de mais dinheiro, o empréstimo poderá ser renovado indefinidamente. Depois de quitar a dívida, o bem é devolvido ao contratante.

Empréstimos com garantia de imóvel e veículo

Outra opção para quem precisa de dinheiro rápido é oferecer seu imóvel como garantia de um empréstimo. Essa linha de crédito é menos burocrática do que a maioria das disponíveis no mercado, e conta com taxas de juros reduzidas.

O dinheiro liberado equivale a até até 50% do valor do valor do imóvel, e o prazo para pagar pode chegar a 180 meses.

Nessa mesma modalidade estão os empréstimos com garantia de veículo, que funcionam da mesma maneira do anterior. As taxas de juros são reduzidas, podendo ser até menores do que no caso de um empréstimo consignado.

Leia mais: Nome sujo? Veja se é possível contratar cartão de crédito ou empréstimo da Caixa