Conselho da UFPB aprova sistema de ensino híbrido a partir de fevereiro de 2021

0
70
Conselho da UFPB aprova sistema de ensino híbrido a partir de fevereiro de 2021 – Foto: Angélica Gouveia

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vai realizar atividades de ensino em formato híbrido, a partir de fevereiro do próximo ano. As aulas serão referentes ao semestre 2020.2, que não foi realizado este ano por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus. A decisão ocorreu nesta quarta-feira (9), durante reunião do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe).

A discussão na UFPB veio após a divulgação da portaria do Ministério da Educação (MEC), tratando sobre o retorno de aulas presenciais em universidades públicas e privadas, a partir de 1º de março de 2021.

Em entrevista à CBN João Pessoa, o reitor Valdiney Gouveia afirmou que a proposta da UFPB é retomar as atividades em fevereiro. Porém, ele destacou que isso, assim como o calendário acadêmico, são pontos de discussão da reunião que ainda está ocorrendo nesta terça. Uma nova reunião está programada para a primeira quinzena de fevereiro, quando a Comissão de Biosegurança da UFPB apresentará um relatório, com um diagnóstico sobre a possibilidade de retorno das atividades presenciais.

Valdiney detalhou a proposta, citando que as aulas de cunho teórico serão mantidas de forma remota e apenas os componentes curriculares com atividades práticas acontecerão de forma presencial. O reitor disse que essas definições, após serem aprovadas pelo Consepe, serão discutidas nos centros e nos cursos.

As aulas presenciais na UFPB estão suspensas desde o dia 16 de março. Até o momento, foram realizadas atividades remotas, através de calendário suplementares.

Com Jornal da Paraíba