Confira 4 fintechs que oferecem empréstimos com taxa de juros reduzida

0
121

Com a pandemia, muitos brasileiros tiveram sua renda reduzida e passaram a enfrentar dificuldades financeiras. Desta forma, uma solução é recorrer ao crédito, buscando instituições que ofereçam as melhores condições para quem precisa pagar suas contas e manter o sustento de sua família.

Pensando nisso, diversas fintechs passaram a oferecer opções de empréstimo com taxas de juros menores, tais como consignado e empréstimos com garantia, para quem não pode pagar caro por isso. Confira a seguir quatro fintechs que ofertam crédito com juros reduzidos:

bxblue

A bxblue é o maior portal de crédito consignado, modalidade que possui uma das taxas de juros mais baratas do mercado e não precisa de consulta ao SPC e Serasa. Desta forma, aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos podem contratar empréstimos com taxas a partir de 1,49% ao mês, sendo que o valor das parcelas é descontado direto no benefício ou salário.

Creditas

A Creditas é uma plataforma online de empréstimos com uma das menores taxas do mercado e até 240 meses para pagar. A fintech é especializada em empréstimos com garantia de imóvel, veículo ou mesmo de salário, na modalidade de consignado. Confira as taxas de juros cobradas pelo empréstimo na instituição:

  • Empréstimo com garantia de salário (consignado privado): 10,6% ao ano;
  • Empréstimo com garantia de imóvel: 11,2% ao ano;
  • Empréstimo com garantia de veículo: 20,8% ao ano.

Geru

A Geru é a primeira plataforma brasileira de empréstimos totalmente online, com contratação simples, rápida e sem burocracia. As taxas de juros que incidem sobre os empréstimos variam entre 2% e 8,2% ao mês, bem abaixo das taxas cobradas pelos bancos tradicionais, e o pagamento pode ser realizado em até 36 vezes.

Lendico

A Lendico oferece empréstimo pessoal com contratação online, taxas personalizadas e sem garantia. O valor do empréstimo pode variar de R$ 2.500 a R$ 50 mil, com taxas de juros a partir de 2,84% ao mês e até 36 meses para pagar.

Leia também: Bancos já oferecem empréstimos para aposentados e pensionistas do INSS com nova margem consignável de 40%